• 27 de junho de 2022

Turismo canábico rende mais de US$17 bilhões para os Estados Unidos

 Turismo canábico rende mais de US$17 bilhões para os Estados Unidos

Passeios, restaurantes e hotéis com temáticas voltadas para a maconha vem chamando a atenção dos turistas. No país, o comércio já gera lucros bilionários. 

 

A legalização da cannabis em diversos estados norte-americanos possibilitou o surgimento de um novo mercado: o turismo da maconha

Segundo a revista Forbes, esse comércio já movimentou mais de US$17 bilhões (R$80 bilhões na cotação atual) para os Estados Unidos. 

Os números apresentados são significativos. Em 2021, dos US$25 bilhões (R$118 bilhões) faturados pelo mercado legal da erva no território, US$4,5 bilhões vieram dos turistas, que ainda gastaram US$12,6 bilhões em setores adicionais, relacionados à alimentação, ao lazer e a impostos para o governo. 

No âmbito geral do turismo nos Estados Unidos, que gera cerca de US$1,2 trilhão  (R$5,6 trilhões), os índices ainda correspondem a uma pequena parcela. Porém, com os avanços na área, a tendência é a sua participação ser cada vez maior. 

Público jovem interessado

Nos estados em que a maconha é legalizada, a idade mínima para fumar é de 21 anos. A possibilidade de consumir a erva agrada, justamente, quem está no limite dessa faixa etária, os jovens. 

De acordo com a revista econômica, no país, cerca de 50% dos millennials (pessoas que nasceram após a década de 1980) afirmaram que a legalização da cannabis influência na escolha do destino turístico. 

Além disso, foi constatado que quatro em dez mil desses jovens escolhem os lugares especificamente pela liberação ou não da planta para o uso recreativo.

Opções de turismo 

O turismo norte-americano é recheado de opções para os amantes da cannabis. As atrações vão de restaurantes, hotéis, visitas a fazendas e até a possibilidade de “fumar um” ao lado de famosos. 

Em abril deste ano, em Las Vegas, um hotel anunciou que se tornará “amigo da erva”. A legislação de Nevada, estado em que fica a cidade, está em situação bem avançada para legalizar a cannabis, faltando apenas a elaboração de regulamentos. 

Após a liberação do consumo recreativo, o local pretende fazer da maconha a sua principal temática. 

O passeio mais curioso fica em Los Angeles, mais especificamente no distrito de Hollywood. Lá, após realizar tours criativos que levam a lojas e plantações canábicas, o turista tem a oportunidade de fumar um baseado com o humorista Tommy Chong, que realizou filmes de sucesso nas décadas de 1970 e 1980. 

Legalização nos EUA

No momento, existe um projeto em pauta que visa a legalização da cannabis para todos os fins nos Estados Unidos

A proposta foi aprovada pela Câmara dos Deputados e seguiu para o julgamento no Senado. Entretanto, apesar da grande expectativa, ainda não há definição sobre o tema. 

Até agora, 18 estados permitem o uso medicinal da cannabis, enquanto sete o uso recreativo. 

Gustavo Lentini

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por futebol e pela comunicação.

Mais Notícias