• 28 de junho de 2022

Hotel pretende virar “amigo” da erva em Las Vegas

 Hotel pretende virar “amigo” da erva em Las Vegas

Uma pousada boutique, a poucos minutos da famosa Las Vegas Strip, foi vendida e será transformada em um hotel amigo da maconha. 

Na semana passada, a empresa imobiliária comercial Siegel Group, com sede em Las Vegas, anunciou que havia concluído a venda do Artisan Hotel Boutique para o Pro Hospitality Group por 11, 9 milhões de dólares. 

Alex Rizk, proprietário do Pro Hospitality Group, com sede em Phoenix, disse ao Las Vegas Review-Journal que está planejando uma reforma de 3 milhões de dólares no hotel de 64 quartos perto da Las Vegas Strip. 

Ele disse que quando os regulamentos estiverem em vigor em nível estadual e local, fará do Artisan um destino “amigável à cannabis” para os turistas da cidade. 

“Este é um estilo de vida”, disse Rizk. 

O Hotel

O Grupo Siegel adquiriu o Artisan Hotel em 2009, “transformando o local em um dos grandes hotéis da região. Muito conhecido e visitado”, disse a empresa em comunicado sobre a venda. 

“O hotel conquistou turistas e entusiastas de butiques que foram atraídos pelo design eclético do local e pela atmosfera íntima e moderna”, escreveu a empresa. 

O comunicado oficial comentou sobre os benefícios do hotel, como um bar-lounge, um restaurante, uma capela para casamentos e uma das piscinas de topless da cidade. 

Consumo de cannabis liberado

No ano passado, os legisladores do estado norte-americano de Nevada, onde fica Las Vegas, aprovaram uma legislação que deu ao Conselho de Conformidade da Cannabis do estado a autoridade para regular locais que permitem o consumo de produtos de maconha

O conselho está atualmente em processo de elaboração de regulamentos. Os governos locais terão autoridade para decretar medidas mais rígidas. 

As autoridades regionais anunciaram em janeiro que estavam acompanhando os esforços para regular os lounges (espécie de bar) de consumo de cannabis em nível estadual. 

Legislação estadual

Sob a medida de 2016, que legalizou a maconha para o uso adulto em Nevada, o consumo de produtos de cannabis só era legalmente permitido em residências particulares. 

A legalização de locais próprios para consumo já regulamentados de cannabis, pretendia dar aos visitantes um lugar para aproveitar os benefícios da reforma da cannabis do estado. 

Como senador estadual em 2017, o comissário regional, Tick Segerblom, liderou o primeiro movimento na legislatura estadual para legalizar os ambientes de consumo próprios para a cannabis. 

“Os lounges de consumo são perfeitos para nossa indústria de turismo”, disse Segerblom ao Review-Journal. “Quanto mais cedo chegarmos lá, mais seremos vistos como uma cidade e um estado amigos da maconha”.

Arthur Pomares

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por café, futebol e boa música. Axé.

Mais Notícias