• 26 de junho de 2022

Testes de cannabis tende a crescer em meio ao mercado global

 Testes de cannabis tende a crescer em meio ao mercado global

É notório o aumento na demanda por produtos médicos de alta qualidade e segurança. Isso tem dado mais credibilidade aos serviços de teste de cannabis e pode contribuir para um crescimento global de aproximadamente 13,4% até 2025.

Segundo um relatório da Global Market Insights, Inc. , o crescimento desses testes feitos por cultivadores e fabricantes tende a reforçar o crescimento da indústria. Em março de 2018, o Bureau of Cannabis Control, emitiu cerca de 26 licenças temporárias para laboratórios de teste na Califórnia.

Além disso, o aumento dos investimentos, a legalização da cannabis em muitos países e   reconhecimento na exploração dos benefícios médicos que a planta fornece, vão contribuir para as receitas do mercado nos próximos anos.

O tamanho do mercado global de testes de cannabis provavelmente ultrapassará US$ 2 bilhões de dólares no ano de 2025.  

Existem 3 coisas que dificultam a previsão dos mercados como:

  • Custos mais altos de equipamentos de teste
  • Ausência de padrões de teste uniformes
  • Complicações associadas a normas regulatórias.

Implantação de tecnologia de cromatografia

Em 2018, a indústria responsável pelos testes de cannabis alimentados por cromatografia (uma técnica de análise muito usada para separar mistura de substâncias químicas), registrou quase 62,4% de participação nas receitas anuais totais. 

O que pode ser pela alta sensibilidade e facilidade na separação, entre várias outras vantagens. Além disso, a capacidade na adoção de equipamentos avançados para realizar vários testes analíticos e de qualidade da cannabis.

O apoio do governo nas iniciativas pode garantir a segurança

Existe uma expectativa de um crescimento no mercado de cannabis de mais de 13.9% até 2025. O que pode ser considerado avanço para os cultivadores de cânhamo e cannabis.

Baseando-se nos pedidos, os laboratórios de teste de cannabis arrecadaram cerca $599.5 milhões em 2018 nas regiões que o uso medicinal foi legalizado por causa do aumento na demanda para os testes de amostras.

Isso fez com que vários governos apoiassem o financiamento de melhorias na infraestrutura dos testes de cannabis e levantassem normas e regulamentos rigorosos para garantir a segurança dos pacientes e a qualidade do produto com a legalização da planta, também aumenta as perspectivas do mercado para testes potenciais e laboratórios de cannabis. 

Estados Unidos e Holanda serão os principais mercados

Geograficamente, a Holanda é um dos principais fabricantes e fornecedores de cannabis e cânhamo, na maioria para o uso médico em todo o mundo. Acredita-se que sua taxa de crescimento chegará a 20,2% até 2015. Com os regulamentos e demandas médicas para a cannabis em vigor, os serviços de teste terão muitas oportunidades de crescimento.

Em 2018, o mercado de cannabis dos Estados Unidos atingiu a maior quota de mercado, chegando a 61.2% do total de remuneração.

Para entender o crescimento regional é necessário incluir o reconhecimento da cannabis com a expansão de atividades de cultivo legalizadas e laboratórios de teste.

O impacto no mercado devido a pandemia da Covid-19

A crise da COVID-19 tem também impactou no valor terapêutico da cannabis. Um recente estudo revela que os compostos ativos dos produtos tem propriedades curativas que poderiam tratar infecções causadas pelo vírus e pode ser dominada como um medicamento anti-viral.

Pesquisadores e cientistas da Universidade de Nebraska e o Instituto de pesquisa Biomédica do Texas estão se aprofundando na pesquisa sobre a cannabis para o tratamento de inflamação grave do pulmão causada pelo novo coronavírus

Referências

  • Health Europa

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias