• 25 de junho de 2022

Spa de cannabis é inaugurado na Suíça

 Spa de cannabis é inaugurado na Suíça

O Schlosshotel Zermatt, na Suíça, oferece a primeira clínica de relaxamento com aroma de cannabis no pé da montanha Matterhorn

Promovendo a clínica na imprensa por meio da língua alemã, o spa se coloca como um aus hanf – em outras palavras, um bem-estar de luxo.

O empreendimento será certamente um investimento de sucesso: por conta da beleza do local, da inovação com tratamento à base de cannabis e por atrair pessoas que gostam da natureza. 

Pratos com cânhamo, ioga e massagens com óleo de Canabidiol (CBD) certamente parecem atraentes, principalmente como descanso para aqueles que praticam esportes de inverno no local. A temporada gelada dura até abril. 

Mercado suíço

O hotel é claramente o início de uma enorme tendência de bem-estar junto à cannabis.

Não demorará muito para que estabelecimentos como esse também invistam no Tetrahidrocanabinol (THC) para fazer parte do pacote. O movimento da Suíça para a legalização total da cannabis, hoje, praticamente já garante isso.

O negócio de albergues e hotéis — além da reconhecida hospitalidade —, especialmente quando associado a tratamentos e melhoria do bem-estar, é uma tradição de longa data na região. 

É bom lembrar que, além dos esportes de inverno, cidades inteiras no país e em toda a região germânica foram estabelecidas como retiros, geralmente em locais onde existem fontes de água mineral naturalmente quente, sendo frequentemente visitadas nas férias (de verão e inverno).

O canaturismo está chegando à Europa. Esta é apenas a primeira crista de uma onda muito grande.

Problemas e soluções

Legalmente, esses estabelecimentos estão na frente em vários aspectos, com relação à jurisprudência sobre a cannabis em toda a região.

Isso inclui aplicações dos chamados Novos Alimentos, bem como brechas que estão sendo implantadas nas leis soberanas de narcóticos. 

No entanto, a Suíça é um lugar muito interessante para esse modelo de turismo começar a dar certo, dadas as isenções agora aceitas pelo governo.

Comestíveis, incluindo aqueles que contêm THC, estarão disponíveis não apenas nas farmácias do país, mas também em “clubes de cannabis”. 

Uma experiência de bem-estar que incorpora um nível mais alto de THC é apenas uma questão de tempo. 

Cenário europeu

Os Alpes alemães apresentam experiências culturais e de bem-estar não muito diferentes das oferecidas pelo hotel, mesmo que um pouco mais econômicas. 

No entanto, mudanças radicais precisarão ser feitas antes que essa “trégua” com a cannabis seja feita na Alemanha ou na Áustria. 

Dito isso, nada está totalmente descartado. É tudo apenas uma questão de tempo, ainda mais com o turismo canábico crescendo e se desenvolvendo na região. 

Na Espanha, por exemplo, também já existe essa experiência, mesmo que em locais “secretos”. 

Uma coisa é certa: a experiência de bem-estar de luxo com cannabis chegou para ficar. Outros tipos de férias com temas semelhantes e pontos de destino certamente crescerão. 

 

Arthur Pomares

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por café, futebol e boa música. Axé.

Mais Notícias