• 8 de maio de 2021

Cannabis e Chocolate: mais semelhantes do que se imagina

 Cannabis e Chocolate: mais semelhantes do que se imagina

Um ainda é capaz de potencializar os efeitos proporcionados do outro, quando estão juntos.

Que os dois têm a capacidade de mudar o nosso humor, isso é um fato. Mas você já se perguntou o porquê tanto a cannabis quanto o chocolate conseguem proporcionar uma sensação de bem estar?

Ambos agem no organismo pelo chamado Sistema Endocanabinoide, que através de pequenas moléculas ajudam a regular algumas funções do organismo, como fome e humor, por exemplo.

Foto: Guetty Images

Além de influenciar várias áreas do corpo, estas moléculas, também chamadas de canabinoides, têm o poder de ativar alguns receptores no cérebro.

Pois bem, a cannabis e o chocolate têm a capacidade de aumentar o nível de anandamida, o famoso hormônio da felicidade. Ele também é um canabinoide produzido pelo próprio organismo.

Tanto, que a anandamida também é chamada de “maconha natural”, principalmente por seus efeitos bastante similares ao tetraidrocanabinol (THC), o canabinoide da cannabis que gera os efeitos alucinógenos.

Já o cacau, também dispõe de anandamida em sua composição. Quando ingerido, ele influencia os níveis maiores deste canabinoide produzido pelo organismo.

O cacau também possui uma substância chamada teobromina, que aumenta a produção da anandamida no cérebro.

E se misturarmos os dois?

Eu sei o que você deve estar se perguntando: o que acontece se misturarmos a cannabis e o chocolate? É possível potencializar os efeitos?

Sim!

De fato, essa combinação já existe. Em países onde comestíveis à base da cannabis são legalizados, não faltam receitas famosas de brownies ou tabletes de chocolate com maconha.

Além de aumentar o prazer do chocolate, a mistura também potencializa os efeitos da famosa “brisa”.

Contudo, a combinação não será tão marcante se for o chocolate ao leite, com pouco teor de cacau.  Mas sim aquele meio amargo, com um teor de 70% da fruta.

Além disso, embora com menos intensidade, este tipo de chocolate já causa um efeito similar ao da maconha, segundo um estudo feito pela University College London e divulgado em 2019.

Isso porque ele contém triptofano, que influencia na produção de serotonina pelo cérebro.

Sem contar que o chocolate meio amargo também trás benefícios à saúde, como o aumento do bom colesterol, por exemplo.

E agora, descobrimos que ele é importante até no tratamento contra a depressão. O mesmo estudo mostrou que este tipo de chocolate é capaz de diminuir os sintomas da condição.

Adivinha o que podemos usar como tratamento também? Isso mesmo, o canabidiol (CBD) extraído da cannabis!

Avatar

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias