• 25 de junho de 2022

Insuficiência Cardíaca: O que é, Tipos, Causas, Sintomas e Tratamentos

 Insuficiência Cardíaca: O que é, Tipos, Causas, Sintomas e Tratamentos

African guy having heart ache, holding hand on chest. Heart attack or stroke, white background

De acordo com os dados do DATASUS, há no Brasil cerca de 2 milhões de pacientes com Insuficiência Cardíaca, sendo diagnosticados 240 mil casos por ano. As estatísticas indicam que, em 2025, o Brasil terá a sexta maior população de idosos, aproximadamente, 30 milhões de pessoas (15% da população total).

Basicamente, a insuficiência cardíaca é caracterizada pela dificuldade do coração em bombear o sangue para o corpo de forma correta, gerando sintomas graves, já que o oxigênio presente no sangue não consegue chegar aos órgãos e tecidos.

Essa doença é mais comum de acontecer em pacientes que possuem pressão alta, pois essas pessoas  precisam que o coração faça mais força para bombear o sangue, provocando a dilatação do coração ao longo do tempo. 

Além disso, a insuficiência pode acontecer devido ao estreitamento das artérias, dificultando a passagem do sangue e distribuição pelo corpo.

Tipos

A IC pode ser dividida principalmente em dois tipos:

Insuficiência cardíaca sistólica: Acontece quando o músculo cardíaco não consegue bombear ou ejetar o sangue para fora do coração adequadamente

Insuficiência cardíaca diastólica: Ocorre quando os músculos do coração ficam rígidos e não se enchem de sangue facilmente

Os dois tipos citados acima têm uma coisa em comum: o coração não consegue mais bombear sangue suficiente rico em oxigênio para o resto do corpo.

Causas

Esse problema pode ocorrer por várias razões. Causas comuns de insuficiência cardíaca incluem:

  • Doença arterial coronariana;
  • Ataque cardíaco anterior;
  • Pressão alta;
  • Valvulopatias;
  • Doença cardíaca congênita;
  • Cardiomiopatia;
  • Endocardite;
  • Miocardite (infecção do coração);
  • Diabetes.

Além das doenças causadas pela insuficiência cardíaca, a ingestão de álcool e drogas em excesso também podem levar ao desenvolvimento da doença.

Alguns tratamentos para câncer, como radiação e quimioterapia também podem levar ao desenvolvimento da insuficiência cardíaca.

Principais Sintomas

O principal sintoma de insuficiência cardíaca é o cansaço progressivo que se inicia após grandes esforços, como subir escada ou correr, mas que com o tempo pode aparecer até mesmo em repouso. Outros sinais e sintomas da insuficiência cardíaca são:

  • Tosse excessiva durante a noite;
  • Inchaço nas pernas, tornozelos e pés ao final do dia;
  • Falta de ar ao realizar esforços ou em repouso;
  • Palpitações e calafrios;
  • Inchaço abdominal;
  • Palidez;
  • Dificuldade para dormir com cabeceira baixa.

Diante de qualquer sinal ou sintoma indicativo de insuficiência cardíaca, é importante ir ao hospital para que sejam feitos exames que possam avaliar o coração e, assim, ser feito o diagnóstico e iniciado o tratamento.

Principais Tratamentos

O tratamentos para esse problema pode ser composto pelos seguintes procedimentos:

Terapia de ressincronização cardíaca: Em algumas pessoas com insuficiência cardíaca, as câmaras inferiores do coração não batem ao mesmo tempo, forçando o coração a trabalhar mais. Estas pessoas podem se beneficiar da terapia de ressincronização cardíaca (TRC), que é um dispositivo implantável de coração, como um marca-passo.

Mudanças no estilo de vida: O médico pode recomendar mudanças de estilo de vida, tais como parar de fumar, limitar sua ingestão de sódio, perda de peso ou reduzir seu nível de estresse. Estas mudanças podem ajudar a aliviar alguns dos sintomas associados com insuficiência cardíaca e reduzir a pressão sobre seu coração.

Medicamentos para o coração: Alguns medicamentos são utilizados para tratar a insuficiência cardíaca. O médico pode prescrever inibidores ECA, betabloqueadores, anticoagulantes e diuréticos, entre outros. Em geral, uma combinação de medicamentos para o coração é normalmente usada.

Cirurgia cardíaca: Se a insuficiência cardíaca do paciente for causada ou agravada por uma válvula fraca, o médico pode considerar cirurgia cardíaca para reparar ou substituir a válvula. Se a insuficiência cardíaca for grave e irreversível, a cirurgia de transplante de coração pode ser considerada.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias