• 24 de junho de 2022

Anemia: O que é, Tipos, Causa, Sintomas e Tratamentos

 Anemia: O que é, Tipos, Causa, Sintomas e Tratamentos


De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Ministério da Saúde, a prevalência de anemia entre adultos e idosos no Brasil é de 9,86%, sendo maior entre idosos (24,3%) e mulheres (12,2%).

A anemia é uma condição na qual a hemoglobina (proteína presente nos glóbulos vermelhos e a responsável pela coloração vermelha do sangue) está abaixo do normal. Isso leva à diminuição da capacidade de transporte de oxigênio.

Basicamente, o nosso corpo usa essa substância para transportar o oxigênio. Ela é carregada em nosso sangue pelas hemácias ou glóbulos vermelhos.

No processo para identificar e confirmar o diagnóstico de anemia, o médico geralmente pede uma análise de sangue para avaliar a quantidade de hemoglobina, sendo considerado anemia quando o valor é menor que 12 g/dL em mulheres ou 13 g/dL em homens.

Depois disso, talvez seja necessário fazer outros exames, como eletroforese da hemoglobina, contagem de reticulócitos ou exame de fezes, para identificar o tipo correto da anemia, e iniciar o tratamento adequado.

Tipos de anemia

Existem diversos tipos de anemia, mas aqui vamos falar sobre as principais e mais comuns.

Anemia megaloblástica

Esse tipo de anemia é caracterizado pelo tamanho anormal dos glóbulos vermelhos e diminuição dos glóbulos brancos e plaquetas, provocado pela baixa ingestão de vitamina B12, mais comum em vegetarianos.

 

Anemia de Fanconi

É um tipo de anemia genética, caracterizada por pancitopenia progressiva com falência da medula óssea, malformações congênitas variáveis e predisposição para tumores hematológicos ou sólidos.

Anemia perniciosa

A anemia perniciosa é um tipo de anemia megaloblástica que acontece quando a pessoa ingere vitamina B12, mas o corpo não consegue absorvê-la, podendo resultar em graves danos neurológicos, se não houver o tratamento adequado.

Principais causas

As anemias podem ser causadas por deficiência de vários nutrientes como ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas.

Porém, a anemia causada por deficiência de ferro é muito mais comum que as demais, estima-se que 90% das anemias sejam causadas por carência da substância.

Outras causas comuns da anemia podem ser:

  • A não produção de células sanguíneas vermelhas suficientes pelo corpo;
  • Sangramentos, que fazem com que você perca glóbulos vermelhos mais rapidamente do que eles podem ser substituídos;
  • Destruição dos glóbulos vermelhos (anemias hemolíticas).

Sintomas de anemia

Quando se trata dos sintomas de anemia, eles não são tão específicos, sendo assim, é necessário que seja feito exames de sangue para que seja confirmado o diagnóstico. Entretanto, os principais sinais físicos são:

  • Fadiga;
  • Anorexia (falta de apetite);
  • Palidez de pele e mucosas (parte interna do olho, gengivas);
  • Olhos amarelados;
  • Falta de disposição no trabalho;
  • Dificuldade de aprendizagem nas crianças;
  • Falta de ar;
  • Tontura;
  • Dor no peito;
  • Mãos e pés frios;
  • Dor de cabeça;
  • Formigamento nas mãos e pés.

Quando é percebido o quadro de cansaço, fraqueza, indisposição, amarelamento de pele e mucosas, o paciente deve procurar o médico para um diagnóstico adequado e, se necessário, procurar um médico hematologista.

Os especialistas que podem diagnosticar a anemia são:

  • Clínico geral
  • Hematologista
  • Endocrinologista

Mas afinal, existem tratamentos?

A dúvida da maioria é se a anemia tem cura. E a resposta é sim, é possível ficar curado.

As anemias geralmente têm cura, principalmente as mais comuns. Como no caso, das de baixa ingestão ou perda de ferro e deficiência de absorção de vitamina B12.

As que ocorrem devido a outras causas, como problemas em rins ou doenças reumatológicas são tratadas indiretamente, uma vez que o tratamento destes problemas acaba por resolver a anemia.

Já as anemias que são causadas por problemas na medula óssea, quadros mais complexos e as anemias hereditárias, necessitam de tratamentos mais específicos,  principalmente por serem de causa genética

O tratamento para a anemia pode incluir o consumo de oxigênio, medicamentos para aliviar a dor e fluídos orais e intravenosos para reduzir a dor e prevenir complicações. 

Os médicos também podem recomendar transfusões de sangue, suplementos de ácido fólico e antibióticos.

Dieta e prevenção para anemia

Para que seja prevenida nada melhor do que ter uma boa alimentação.

Confira 7 alimentos que ajudam a combater a anemia:

  • Ferro;
  • Vitamina A;
  • Ácido fólico;
  • Vitamina B12;
  • Vitamina C;
  • Alimentos amargos para absorver os nutrientes;
  • Cobre e zinco.

Com isso, concluímos que as causas mais comuns de anemia podem ser prevenidas com dieta balanceada e equilibrada e com acompanhamento médico regular.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias