Estatal argentina recebe autorização para produção, pesquisa e comércio de cannabis medicinal

Estatal argentina recebe autorização para produção, pesquisa e comércio de cannabis medicinal

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.

Depois de uma colheita bem sucedida, atingindo 36 toneladas, Cannava se posiciona no radar do mercado canábico internacional

Foto: Reprodução / Freepik

A estatal argentina Cannava obteve autorização da ANMAT (Administração Nacional de Medicamentos, Alimentos e Tecnologia Médica) para continuar a produção, pesquisa e comércio da cannabis medicinal.

A empresa tem registrado sucesso na produção de cannabis para uso farmacêutico desde junho, quando a colheita rendeu 35 hectares, um total de 36.000 quilos de inflorescências para extração farmacêutica, segundo a Forbes.

A Cannava é pioneira na Argentina e possui os sistemas tecnológicos para o cultivo de cannabis mais avançados do país. Sua capacidade de produção anual chega a 80 toneladas de flores e 4 mil quilos de insumos farmacêuticos ativos.

Leia também: Como os médicos podem prescrever cannabis com segurança?

“A Argentina como país está agora no radar internacional para a produção de cannabis medicinal de grau farmacêutico.” disse Gerardo Morales, o governador da província de Jujuy, onde está a sede da empresa. 

“A Cannava nasceu sob a premissa de aplicar a ciência à produção de produtos farmacêuticos, em escala industrial. Assim, poderemos competir com a indústria internacional para garantir acesso seguro e acessível à cannabis medicinal”, completa o governador.

Mercado de Cannabis

O mercado de produtos à base de cannabis é muito promissor. A Dr. Cannabis oferece um curso introdutório de 40 minutos para quem quer ter mais informações sobre esse setor e suas oportunidades. Custa menos de R$100,00. Inscreva-se aqui

Tags: