• 25 de junho de 2022

Fibromialgia: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos 

 Fibromialgia: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos 

De acordo com a Sociedade Brasileira Para Estudo da Dor (SBED) , 37% da população brasileira convive com algum tipo de dor crônica. Estima-se que cerca de 5 milhões delas tenham fibromialgia. Na maioria dos casos, atinge principalmente as mulheres.

A fibromialgia é um problema bastante comum. Ela se manifesta por dores no corpo todo, principalmente na musculatura.

De cada 10 pacientes com essa condição, sete a nove são mulheres, mas não se sabe a razão porque isto acontece.

Não parece haver uma relação com hormônios, pois a fibromialgia afeta as mulheres tanto antes quanto depois da menopausa.

A idade de aparecimento da doença é geralmente entre os 30 e 60 anos. Porém, existem casos em pessoas mais velhas e também em crianças e adolescentes.

Causas de Fibromialgia

Não existe ainda uma causa única conhecida para a fibromialgia, mas já temos algumas pistas porque as pessoas têm esta síndrome:

  • Genética: pode acontecer em pessoas da mesma família, o que indica de que existem algumas mutações capazes de causar essa síndrome;

  • Trauma físico ou emocional: às vezes pode ser desencadeada por um trauma físico ou estresse psicológico;

  • Infecções por vírus e doenças autoimunes: algumas doenças autoimunes também podem estar envolvidas nas causas da fibromialgia.

Fatores de risco 

De acordo com os médicos, existem alguns fatores que podem facilitar o surgimento dessa condição, como:  

  • Sexo: ser mulheres dobra as chances;
  • Obesidade: estar acima do peso pode facilitar o surgimento;
  • Histórico familiar: ter algum parente com fibromialgia;
  • Lesões: sofrer lesões recorrentes;
  • Idade: ter acima de 45 anos;
  • Outros fatores: doenças como lúpus ou artrite reumatoide.

Sintomas de Fibromialgia

O sintoma mais importante da fibromialgia é a dor que se espalha pelo corpo. 

Geralmente, o paciente tem dificuldade de definir quando começou a dor. Se ela começou de maneira localizada que depois se generalizou ou que já começou no corpo todo.

Na maioria dos casos, os pacientes sentem mais dor no final do dia, mas pode acontecer também pela manhã. A dor é sentida “nos ossos” ou “na carne” ou ao redor das articulações.

Além da dor muscular em todo do corpo, existe outros sintomas e sinais da fibromialgia que são:

Se houver um ou mais destes sinais ou sintomas acima, não significa de imediato que seja fibromialgia.

Mas o ideal é procurar um médico para ter o diagnóstico e o tratamento adequado.


Tratamento de Fibromialgia

Existem alguns tipos de tratamentos e medicamentos que são utilizados no alívio da fibromialgia, aos quais são:

  • Fisioterapia: para fortalecer e dar mais flexibilidade aos músculos;
  • Programa de exercícios e preparo físico: dar mais flexibilidade aos músculos, ossos e articulações com segurança;
  • Terapia cognitivo comportamental: ajuda a lidar com as situações estressantes causadas pela doença;
  • Anticonvulsivos:indicados para tratamento de epilepsias e convulsões, mas também são usados no tratamento de alguns tipos de dor, como a fibromialgia;
  • Antidepressivos: para aliviar a dor e a fadiga muscular causadas pela síndrome;
  • Analgésicos: para tratar a dor muscular da fibromialgia. Mas é importante ressaltar que todos os outros tipos de medicamentos devem ser tomados apenas depois da indicação médica.

Somente um médico pode dizer qual o tratamento e medicamento mais indicado para cada caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. O ideal é sempre seguir à risca as orientações do médico e nunca se automedicar. 

Cannabis no tratamento de Fibromialgia

Durante décadas, conforme os avanços dos estudos, mais e mais descobertas surgiram e mostraram que a cannabis serve para aliviar as dores, inclusive dores crônicas.

Uma equipe de pesquisadores israelenses associaram o uso da cannabis medicinal com redução nas dores corporais.

A análise foi realizada com dados provenientes de dois centros médicos de Israel, especializados no tratamento da fibromialgia.  

Os resultados foram divulgados em agosto de 2018. A pesquisa contou com 26 pacientes, com idade média de 37 anos, que foram diagnosticados com fibromialgia há pelo menos 2 a 4 anos. Destes, 73% eram mulheres.

Ao final do estudo, 100% dos pacientes relataram melhora nos sintomas da fibromialgia em todos os quesitos, principalmente no que se referia à dor.

Pelo menos 50% dos participantes foram autorizados pelo médico a  interromper a medicação tradicional após o consumo da cannabis.

Há ainda muitos outros estudos sobre o uso da cannabis para dores, principalmente nos Estados Unidos

Por isso, com o passar dos anos, a cannabis tem sido cada vez mais considerada um meio confiável para o tratamento de dores e também da fibromialgia.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o uso da cannabis para o tratamento de fibromialgia? Clique aqui. 

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias