• 25 de junho de 2022

Yoga: O que é, Tipos, Benefícios e Dicas de prática

 Yoga: O que é, Tipos, Benefícios e Dicas de prática

Você já ouviu falar do Yoga? Se sim, talvez não saiba da sua origem, seus benefícios, formas de praticar e resultados. Vamos entender um pouco sobre.

Se você acha que yoga é apenas torcer e movimentar o corpo de forma esquisita, está na hora de repensar. Yoga é muito mais do que posturas.

Com sua origem na palavra em sânscrito “yuj”, que significa “unir ou integrar”, yoga é um conjunto de conhecimentos de mais de 5 mil anos.

Yoga é um conceito e uma filosofia de vida, que tem sua origem na Índia, há mais de 5000 anos.

Ela trabalha o corpo e a mente, através de técnicas de respiração, posturas e meditação.

Existem diversos ramos do yoga, como:

  • Raja-yoga: é uma classe da modalidade de yoga que tem como foco o desenvolvimento da mente, utilizando para etapas como a meditação e a contemplação;
  • Karma-yoga: é a integração (yoga) pela dedicação de todas as ações e seus frutos à divindade. É a execução da ação em união com a parte divina interior, ficando distanciado dos resultados, e mantendo o equilíbrio seja em face do sucesso ou do fracasso;
  • Jnana-yoga: é uma modalidade de yoga conhecida também pelo uso do conhecimento, ou seja, por uma verdade pré-existente e imutável, para atingir a sabedoria e estudo;
  • Bhakti-yoga: é um caminho espiritual ou prática espiritual dentro do hinduísmo com foco na devoção amorosa por qualquer divindade pessoal;
  • Hatha-yoga: é uma prática espiritual que leva à percepção da unidade usando várias posturas e exercícios respiratórios como caminho. Nos textos esotéricos da tradição do Yoga, a palavra “hatha” é compreendida como a união de “ha”, sol e “tha”, lua;

Cada uma delas possui ações e atividades diferentes para trabalhar com os indivíduos.

Quais os benefícios da prática do yoga?

Apesar da yoga física não ser a única yoga, é indiscutível que os benefícios de uma prática de hatha yoga são infinitos. Abaixo citamos os 10 benefícios da prática regular de yoga:

Fitness holística: A verdadeira saúde não vem só de estar fisicamente em forma, mas também mentalmente e emocionalmente equilibrado.  É aí que entra a yoga: posturas, técnicas de respiração e meditação são um pacote de exercícios holísticos. Yoga é um exercício não só para o seu corpo, mas também para a sua mente e emoções. Ao sincronizar a respiração com o corpo, você chama sua atenção para o momento presente. No final de uma sessão, você deve se sentir revigorado em todos os níveis.

Perda de peso: Mesmo a yoga não sendo só sobre o corpo, a perda de peso é um efeito inevitável de uma prática regular. Além de ser uma forma de exercício, a yoga acalma a mente e tendências impulsivas, o que leva a uma maior capacidade de desacelerar e tomar decisões mais saudáveis quando se trata de comida.

Alívio de estresse: Com o mundo moderno sendo tão agitado como é, o fato de a maioria das pessoas viverem vidas sedentárias apenas aumenta o acúmulo de estresse na mente. Mesmo praticando yoga por apenas alguns minutos pode livrar seu corpo e mente do estresse que se acumulou durante todo o dia.

Paz interior: A paz é um estado de espírito que pode ser cultivado dentro de nós, e podemos tirar umas mini-férias para experimentar isso a qualquer hora do dia! Yoga é uma das melhores maneiras de acalmar uma mente perturbada e nos levar a um lugar de paz.

Melhor imunidade: Poses de yoga massageiam os órgãos internos, fortalece os músculos e aumentam a circulação. Tudo isso ajuda a desintoxicar o corpo. A yoga também aumenta a circulação do sistema linfático. Técnicas de respiração e meditação também liberam o estresse e melhoram a imunidade.

Vivendo com maior consciência: Nós realmente podemos nos poupar de ficarmos estressados ou apreensivos e, em vez disso, podemos relaxar a mente. Ao praticar yoga a sua atenção está focada nas partes mais presentes de você (seu corpo e respiração). Você cria um estado de consciência aumentada, o que leva a mente ao momento presente, onde ela pode permanecer feliz e focada.

Melhores relacionamentos: A prática de yoga pode até ajudar a melhorar seu relacionamento com seu cônjuge, pais, amigos e entes queridos.  Quando sua mente está relaxada, feliz e contente, você é mais capaz de estar presente para os outros e sensível ao seu próprio comportamento e como isso afeta as pessoas a sua volta.

Maior energia: Vivemos em um mundo acelerado, que coloca demandas crescentes em nossa energia mental e física. Alguns minutos de yoga todos os dias podem ser  o segredo para se sentir revigorado e cheio de energia, mesmo depois de um longo dia.

Melhor flexibilidade e postura: Praticar yoga regularmente deixará você automaticamente com um corpo que é forte e flexível. Uma prática regular de yoga alonga e tonifica os músculos e ajuda a melhorar a postura.

Melhor intuição: A yoga e a meditação têm o poder de melhorar nossa capacidade intuitiva de uma forma que nos permite perceber facilmente quais decisões são as melhores a serem tomadas. 


Dicas básicas para a prática de yoga?

Não é apenas a preguiça que nos impede de começar uma prática de yoga. A prática altamente é pessoal.

E com as dezenas de escolas de yoga para escolher, pode ser difícil identificar uma prática que atenda às nossas necessidades físicas, mentais e emocionais individuais.

É difícil escolher uma cor de tapete de yoga, imagine uma prática!

Felizmente, isso pode ser tornar mais fácil com algumas orientações. Aprender yoga começa com pisar em seu tapete. Abaixo citamos algumas dicas importantes.

Acorde cedo: Geralmente o yoga é praticado no início da manhã ao nascer do sol, quando a mente está mais clara e o mundo está quieto.

Libere expectativas: É  um processo de união consigo mesmo, e deve ser fácil e sem esforço. Você está no yoga quando seu corpo, mente e respiração se alinham. Então, jogue fora a ideia de que você não consegue ou que é muito velho para se aventurar no yoga.

Comece com intenção:  Antes da prática física, criar uma intenção pode ajudar a definir o tom e intensidade da sua prática. Prepare a sua mente para uma experiência introspectiva. Se sua intenção é ter paz,  o ideal é se concentrar sua mente em torno desse pensamento e trazê-lo para o momento presente antes de começa

Lento e Firme: O vencedor na prática do yoga é aquele que pode alcançar a maior facilidade dentro de uma postura.Se houver dificuldade em discernir os limites do seu corpo, use sua respiração como um ponto de referência; quando é leve e longa, os músculos começam a relaxar, sem nenhuma pressão.

Pratique com o estômago vazio: É melhor praticar com o estômago vazio ou pelo menos 2-3 horas após a sua última refeição. Outra razão pela qual a prática pela manhã é o mais ideal.

Encontre um professor: No início, é melhor começar a praticar sob a orientação de um professor de yoga qualificado, que pode orientá-lo nas sequências e no alinhamento corretos. Isso ajudará você a aprender corretamente diferentes posturas e evitar possíveis lesões.

Respeito seu tempo: Lembre-se de que cada tipo de corpo é único e que pessoas diferentes estão em diferentes níveis de aprendizado. Ou seja, tenha paciência e respeite suas limitações.

Saboreie o fim: Aprenda a saborear o momento e permita que seu corpo receba o descanso que merece depois de uma longa prática. 

Cannabis e sua ligação com o Yoga 

Antes de mais nada, diga lá: Você fuma maconha para praticar yoga? Sim? Não? Qual a sensação?

Essa combinação da cannabis e a prática do yoga tem ganhado espaço nos Estados Unidos, principalmente na região da Califórnia, onde o uso da cannabis medicinal é liberada desde os anos 1990.

Pessoas que praticam afirmam que a experiência é única. A maconha tende a aguçar os sentidos, o que ajuda na prática do exercício. Muitos afirmam que é possível escutar a própria respiração e entrar no clima do yoga.

Tudo começou em uma academia de Toronto no ano de 2009. As aulas têm feito sucesso até hoje.

Além do fumo, outra prática que vem crescendo tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido é o CBD yoga, que ao invés do cigarro de maconha, é feito apenas com o óleo do canabidiol, componente que não causa efeitos alucinógenos.

O foco não é só o bem estar, mas também ajudar a aliviar a ansiedade e dores musculares.

Além das vantagens que os dois elementos proporcionam para a saúde à sua maneira, um pode complementar o outro.

Caso queira saber mais sobre o uso da cannabis e a prática de yoga,
clique aqui.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias