• 24 de junho de 2022

Yoga e Cannabis: Você já ouviu falar da yoganabis?

 Yoga e Cannabis: Você já ouviu falar da yoganabis?

A mistura de yoga com cannabis está fazendo sucesso lá fora. Conhecida como “Ganja Yoga” e também CBD yoga, as técnicas ajudam a ampliar a experiência da meditação.

Já pensou em misturar maconha com as sessões de yoga? A combinação tem ganhado espaço nos Estados Unidos, principalmente no estado da Califórnia, onde a cannabis para fim medicinal é liberada desde os anos 1990.

As aulas são assim: os primeiros 15 a 30 minutos são voltados exclusivamente para o fumo, que pode ser feito através do famoso “baseado” que a pessoa trás de casa, ou através da inalação de um saco grande, que é passado pelos alunos.

 Depois, o restante da aula é dedicado a prática do yoga.

Quem pratica ressalta que a experiência é única. A maconha tende a aguçar os sentidos, o que auxilia na prática do exercício. É possível escutar a própria respiração e “entrar no clima”.

Origem

Começou em uma academia de Toronto, na Califórnia em 2009. As aulas têm feito sucesso até hoje. Mesmo quando cada sessão custe U$160 (cento e sessenta dólares)

Em entrevista ao CBS São Francisco, a professora especializada Dee Dussault conta que a experiência é um caminho para o relaxamento, alívio das dores e paz interior.

A instrutora aconselha que cada um leve a sua própria maconha, mas ela também indica onde as pessoas podem comprar, caso necessário.

Há relatos de brasileiros que também já aderiram a técnica.

CBD yoga

Outra prática que vem crescendo tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido é o CBD yoga, que ao invés do cigarro de maconha, é feito apenas com o óleo do canabidiol, componente que não causa efeitos alucinógenos.

Assim como a Granja yoga, o CBD é administrado antes das sessões. Ele pode ser ingerido, aplicado na pele ou até aplicado de forma sublingual, aquela técnica de colocar a algumas gotas embaixo da língua.

O objetivo não é só o bem estar, mas também ajudar a aliviar a ansiedade e dores musculares.

Benefícios

Além das vantagens que os dois elementos proporcionam para a saúde a sua maneira, um pode complementar o outro.

Se você já tentou fazer yoga, mas não consegue se concentrar, a maconha ou o canabidiol pode te ajudar a achar o seu “savasana”, ou aquela postura de relaxamento total tão buscado pelos praticantes.

Ele também ajuda a entrar “no clima” da aula de forma mais rápida. O que pode ser muito útil quando pensamos que as sessões geralmente levam apenas uma hora. 

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias