• 28 de junho de 2022

Vendas de cannabis em Colorado chega a meio bilhão de dólares

 Vendas de cannabis em Colorado chega a meio bilhão de dólares

Two hands with cannabis and money. The concept of selling marijuana, hemp, drugs

Cannabis e lucro financeiro sempre estiveram ligados, principalmente em países que legalizaram a sua venda. No Colorado os resultados disso têm sido mais rápidos do que o esperado.

E as novidades sobre a cannabis não param, principalmente quando se trata de vendas e consumo da erva nos Estados Unidos.

De acordo com o Departamento de Receita do estado (DOR) as vendas de cannabis do Colorado ultrapassaram a marca de meio bilhão de dólares no primeiro trimestre deste ano (2021).

No total, as vendas de cannabis ultrapassaram 560 milhões de dólares entre janeiro e março. 

Cerca de mais de 10,5 bilhões de dólares da erva foram vendidas no Colorado desde que foi legalizada no ano de 2014.

Arrecadação de quase 2 bilhões de dólares em receitas

Em outros cálculos futuros, as vendas podem chegar a mais de 1,7 bilhão de dólares em receitas fiscais que vão para escolas públicas, projetos de infraestrutura e programas do governo local.

O Departamento de Receita do estado compila seu relatório mensal de vendas de cannabis somando as vendas de medicamentos e de uso adulto do estado. 

O resultado final não inclui acessórios ou quaisquer produtos que não contenham cannabis medicinal.

Por incrível que pareça, as vendas de cannabis chegaram a 207 milhões de dólares apenas no mês de março deste ano.

O resultado disso foi uma arrecadação de 39,6 milhões de dólares em impostos.

Arrecadação dos impostos de cannabis

A receita do imposto sobre a cannabis é arrecadada por meio de três vias estaduais:

  • Um imposto de vendas de 2,9% sobre a maconha vendida nas lojas;
  • Um imposto de 15% sobre a maconha no varejo; 
  • Um imposto especial de mais 15% sobre a maconha no varejo.

Os impostos arrecadados com as vendas de cannabis são revertidos em cuidados com a saúde e educação.

A lei estadual exige que 71% do total seja remetido ao fundo de impostos sobre a cannabis, uma conta do orçamento que é obrigada por lei a financiar cuidados como:

  • Saúde;
  • Educação em saúde;
  • Prevenção do abuso de substâncias;
  • Programas de tratamento; 
  • Aplicação da lei.

Os 29% restantes são então subdivididos entre o fundo das escolas públicas estaduais e o fundo geral.

As escolas recebem pouco mais de 12% do total, enquanto o fundo geral recebe mais de 15%.

No mês de abril, o fundo da escola pública do estado recebeu mais de 14 milhões de dólares. 

Contudo, a conta apoia projetos de construção de escolas e é controlada pelo Fundo de Investimento do Conselho Escolar, um painel criado em 2016 que é composto por três membros responsáveis pela manutenção do capital do fundo.

Referência

  • Marijuana Moment

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias