Ativista canábica, Rihanna é confirmada para o show do intervalo do Superbowl 2023

Ativista canábica, Rihanna é confirmada para o show do intervalo do Superbowl 2023

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Com o perdão do trocadilho, Rihanna está com a bola toda. Isto porque a cantora anunciou em suas redes sociais a participação na mais importante apresentação da publicidade americana: o show do intervalo do Superbowl 2023, programado para o dia 12 de fevereiro do ano que vem.

O evento, que ocorre no meio do jogo do tradicional de futebol americano, é conhecido por contar com espetáculos grandiosos e super estruturas de produção, muitas vezes chamando mais atenção para os shows do que para o jogo em si.

Mesmo não lançando nenhum disco novo desde 2016, este anúncio é o mais próximo de um possível retorno definitivo da cantora para os palcos, gerando inclusive a expectativa de novos trabalhos na música.

Nossa estrela Riri está frequentemente entre os assuntos mais comentados das redes sociais. Ela já gerava frisson por ser abertamente a favor do uso adulto da maconha, e causou alvoroço ao anunciar a gravidez de seu primeiro filho com o rapper A$ap Rocky.

A notável “mãeconheira” também movimentou a internet quando apareceu com o evidente barrigão na Semana de Moda de Paris, em março deste ano. Isso sem falar nos ânimos exaltados gerados por rumores de que a diva daria à luz em solo brasileiro, já que supostamente estaria acompanhando seu namorado nos bastidores do festival Lollapalooza (o que não aconteceu).

Procure um médico

É importante ressaltar que qualquer uso de cannabis precisa ser prescrito por um médico, que poderá indicar qual o melhor tratamento para a sua condição.

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde a prescrição até a importação do produto. Clique aqui.

 

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas