• 25 de junho de 2022

Por que a maconha te faz feliz?

 Por que a maconha te faz feliz?

Seja você um usuário da cannabis ou não, todos sabem que a planta deixa as pessoas mais felizes. Mas, como? Há alguma ciência por trás? Entenda. 

A cannabis pode de fato induzir sentimentos de felicidade. A planta desencadeia esses sentimentos ligando-se a proteínas no cérebro e no sistema nervoso.

O efeito da maconha é “bom” porque o composto químico imita os compostos que nosso corpo produz. Esses compostos, com as proteínas necessárias para reduzi-los e regulá-los, fazem parte do sistema endocanabinoide (ECN). 

Não saberíamos se não fosse a maconha

Provavelmente não saberíamos da existência do sistema endocanabinoide se não fosse pela cannabis. 

Ao estudar o funcionamento da planta, os cientistas descobriram soluções naturais dentro de nosso cérebro que podem ser a chave para o tratamento de doenças mentais e físicas. 

Quando se trata de entender o sistema endocanabinoide e por que a maconha faz  as pessoas felizes, a substância química mais importante para entender é a anandamida

Está no nosso corpo

A cannabis é uma planta diferente de outras, pois seus compostos químicos se conectam a uma complexa rede de neurotransmissores que formam o sistema endocanabinoide — ECN. 

Nos humanos e em outros mamíferos, como os camundongos, o sistema ECN auxilia a regular funções essenciais ao longo do dia. 

Memória, dor, fome, sonolência e sentimentos de felicidade são todos, em boa parte,  gerenciados pelos receptores endocanabinoides. 

Anandamida 

A anandamida foi o primeiro neurotransmissor endocanabinoide natural descoberto. Um pesquisador chamado Dr. Raphael Mechoulam, no início dos anos 1990, enquanto pesquisava o motivo da maconha fazer as pessoas felizes, foi o responsável pela descoberta. 

O nome anandamida vem de uma palavra sânscrita que se traduz por “bem-aventurança”. Suas moléculas desempenham um papel na motivação, dor, memória, apetite, desejo sexual e emoção. 

Ela é diferente da dopamina, que é frequentemente chamada de “molécula de recompensa”. 

Embora as pessoas originalmente pensassem que a cannabis trazia felicidade por causa de uma “inundação de dopamina”, a realidade é que apenas uma pequena quantidade de dopamina é produzida quando ocorre o consumo da planta.

Por quê? Porque a anandamida pode cortar a produção de dopamina.  

O que a anandamida faz? 

A anandamida afeta nossas reações ao estresse, bem como nossos sentimentos de felicidade e contentamento. 

Um experimento feito com camundongos testou situações de estresse ao longo do dia nas quais o uso de anandamida autoproduzida estava proibido. Os animais tiveram dificuldade para “superar” esses problemas. 

No entanto, camundongos que foram liberados para usar a anandamida ficaram relaxados e inclusive ignoraram os estímulos estressantes.

Então, se alguém perguntar “A maconha faz as pessoas felizes mesmo?”, a resposta é “sim”. 

Relação entre a cannabis e a anandamida

Através de pesquisas, foi descoberto que os cannabinoides existem fora do nosso corpo também, que são encontrados nas cannabis.

Eles imitam o comportamento dos nossos canabinoides, ajudando a restaurar o equilíbrio do nosso corpo. 

Os canabinoides da cannabis são chamados de canabinoides exógenos, ou seja, de fora do corpo.

Já os canabinoides de dentro do corpo, como a anandamida, são chamados de canabinoides endógenos, e funcionam como uma chave para uma rede dos nossos receptores internos.

Arthur Pomares

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por café, futebol e boa música. Axé.

Mais Notícias