• 26 de junho de 2022

Pedidos de cannabis atinge número recorde na Austrália

 Pedidos de cannabis atinge número recorde na Austrália

No mês passado, o mercado de cannabis na Austrália se superou. Os números de julho foram maiores do que o mês de junho, e o dobro comparado ao ano passado.

A Administração de Produtos Terapêuticos (TGA) teve um mês bem agitado em julho, devido a alta demanda de pedidos de aprovação de cannabis medicinal.

O Esquema de Acesso Especial da Austrália (SAS) permite que profissionais da saúde autorizados tenham acesso a produtos terapêuticos que não estão inclusos no Registro Terapêutico da Australia (ARTG). Atualmente, o único produto de cannabis incluso no ARTG é o Sativex (nabiximols) que contém THC e CBD.

A Austrália tem um dos maiores mercados de cannabis medicinal regulamentados pelo governo federal fora da América do Norte, mas ainda é considerado principiante.

Cerca de 3.700 litros de óleo de cannabis, o que equivale a 977 galões, foram enviados para a Austrália no ano passado para uso médico e científico, de acordo com registros de saúde canadenses, junto com 204 kg de cannabis seca.

Existem vários caminhos diferentes para conseguir a aprovação de medicamentos de cannabis através do SAS, que são separados em três categorias A, B, e C. Os pedidos de cannabis medicinal geralmente são feitos por meio da categoria B. 

Depois de quase 30 anos algumas aprovações aconteceram em julho

Até o dia 31 de julho de 2020, A TGA aprovou mais de 56,000 pedidos SAS Categoria B para  produtos de cannabis medicinal. Esse número é um valor cumulativo durante um longo período de tempo, desde 1992, ou seja, quase 30 anos.

Os números de aprovação com certeza aumentaram no último ano (2019). Atualizações feitas pela TGA indicam que 5.564 aprovações foram emitidas no mês passado, quase 10% de todas as aprovações já feitas sob a Categoria B do SAS ocorreram em julho deste ano. Os números do mês passado foram superiores aos de junho (4.630) e mais do que o dobro do ano passado (2.207).

O que ainda não está claro, são as quantidades dos diferentes tipos de produtos de cannabis medicinal que estão sendo aprovados, mas é provável que em muitos casos sejam à base de canabidiol.



No mês de abril, a TGA iniciou uma consulta sobre a alteração da lista do Anexo 4 para o canabidiol e a adição de uma nova entrada que veria alguns produtos de CBD disponíveis sem uma prescrição farmacêutica. Uma decisão inicial será tomada em público no próximo mês e em seguida uma decisão final em 25 de novembro deste ano.

Nem todos os australianos acessam a cannabis legalmente

Os milhares de pedidos recentemente aprovados pela TGA a cada mês cobrem apenas a ponta da demanda por cannabis medicinal da Austrália. Mês passado, um relatório de pesquisa foi publicado pelo site Hemp Gazette afirmando que apenas 3,9% dos australianos que usam cannabis para propósitos medicinais obtinham através de prescrições. Outro estudo divulgado recentemente colocou o número ainda mais baixo, descobrindo apenas 2,7% estavam acessando os produtos legais

Referência

  • hemp gazette
  • mj biz daily

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias