• 24 de junho de 2022

Obstrução Intestinal: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

 Obstrução Intestinal: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Você conhece ou já ouviu falar sobre desconfortos na região do abdômen que causam sintomas intensos ? Isso pode ser um sinal de obstrução intestinal. Vamos entender melhor sobre essa doença.

Basicamente, a obstrução intestinal ocorre quando as fezes não conseguem passar pelo intestino devido a uma interferência no seu trajeto, como pela presença de bridas intestinais, tumores ou uma inflamação, por exemplo.

Em casos como estes, geralmente surgem sintomas que causam desconfortos no dia a dia da pessoa.

Uma vez que a obstrução impede a passagem dos alimentos digeridos pelo intestino, as fezes, os gases intestinais e as secreções digestivas acabam se acumulando, o que aumenta a pressão dentro do intestino e provoca o risco de graves complicações como perfuração intestinal, infecção generalizada e morte do tecido intestinal.

A obstrução pode ser parcial ou completa. Aproximadamente 85% das obstruções parciais do intestino delgado desaparecem com tratamento não cirúrgico, enquanto 85% das obstruções completas do intestino delgado requerem cirurgia.

Causas

Quando se trata de causas, existem muitas causas que podem levar ao surgimento de uma obstrução no intestino, desde causas mecânicas, em que há um obstáculo físico, como também uma obstrução funcional, que é quando os movimentos do intestino ficam paralisados. 

As principais causas incluem:

  • Bridas intestinais (aderências de tecido nas paredes do intestino);
  • Hérnias;
  • Tumor intestinal, principalmente no intestino grosso;
  • Diverticulite;
  • Doenças inflamatórias do intestino, como a doença de Crohn;
  • Torção do intestino;
  • Paralisia dos movimentos intestinais;
  • Isquemia do intestino;
  • Endometriose intestinal;
  • Acúmulo de vermes;
  • Enterite pós-radiação no tratamento de câncer;
  • Intoxicação por chumbo.

Algumas dessas causas podem levar a uma obstrução completa e abrupta do intestino, gerando sintomas mais graves, ou apenas uma obstrução parcial ou que acontece aos poucos, quando os sintomas são mais leves e existem menos riscos para a saúde. 

Contudo, vale lembrar que todos os casos precisam de tratamento adequado, da forma mais breve possível.

Principais sintomas

Como já sabemos, tudo que está relacionado aos intestino é algo muito delicado.

No caso da obstrução intestinal, os sintomas mais comuns são a parada de eliminação de fezes e  gases.

No entanto, caso a obstrução seja parcial, é possível que ainda haja alguma possível eliminação de gases. 

Além desses principais sintomas. Existem outros sintomas comuns que incluem:

  • Dor abdominal em cólica e intensa;
  • Inchaço exagerado da barriga;
  • Diminuição do apetite;
  • Náuseas e vômitos.

A intensidade dos sintomas varia de acordo com a causa e a gravidade da doença que provoca a obstrução.

Possíveis tratamentos

O tratamento para a obstrução intestinal depende da causa de sua condição, mas geralmente requer que seja feita a hospitalização do paciente.

Ao chegar ao hospital, os médicos vão trabalhar primeiro para estabilizar o indivíduo, de forma que seja possível fazer o tratamento em melhores condições clínicas. Este processo pode incluir:

  • O uso de soro e antibióticos por via intravenosa;
  • Permanecer em jejum nos momentos iniciais
  • Colocar uma sonda nasogástrica pelo nariz até o estômago para sugar o ar e líquidos, de forma a aliviar o inchaço abdominal
  • Colocar um tubo fino e flexível (cateter) na bexiga do paciente para drenar a urina e recolhê-la para testes.

No caso de uma obstrução parcial, com sintomas mais leves, normalmente pode ser apenas necessário fazer a administração de líquidos na veia, para melhorar a hidratação e facilitar a passagem das fezes e líquidos. 

 

Além disso, também se deve fazer repouso intestinal e, por isso, é preciso respeitar o jejum exigido pelo médico até que o problema esteja resolvido. 

Eam casos mais graves, como acontece na obstrução completa, além dos cuidados anteriores também é preciso fazer cirurgia para tratar a causa e desobstruir o intestino, permitindo que as fezes consigam passar novamente.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias