• 24 de junho de 2022

Ministro da Saúde da Ucrânia diz que uso medicinal da cannabis será legalizado no país

 Ministro da Saúde da Ucrânia diz que uso medicinal da cannabis será legalizado no país

Ukrainian flag in the wind. Blue Yellow flag in the city of Kharkov.

Mesmo no meio de uma guerra, o ministro da Saúde da Ucrânia diz que em breve o governo pretende aprovar a cannabis para fins medicinais;  o projeto de lei já foi encaminhado ao Parlamento.

Viktor Liashko, ministro da saúde do país, anunciou terça-feira (07/06), em uma publicação no Facebook, que o governo apresentou um projeto de lei para aprovação do uso medicinal da cannabis, mesmo em meio à guerra. 

O projeto foi aprovado pela cúpula de Ministros e segue para o Parlamento da Ucrânia para o “ok”. 

“Entendemos as consequências negativas da guerra no campo da saúde mental, entendemos o número de pessoas que precisarão de tratamento médico”, escreveu Liashko. 

Projeto

No dia 7 de junho, o Gabinete de Ministros da Ucrânia aprovou um projeto de lei “sobre regulamentar a circulação de plantas de cannabis para fins médicos, industriais e atividades científicas para criar as condições de ampliação ao acesso  dos pacientes ao tratamento com a planta”. 

O projeto expandiria os serviços médicos para incluir a cannabis e promoveria a pesquisa sobre a planta. Isso aumentaria o acesso dos pacientes à cannabis no auxílio do tratamento em mais de 50 procedimentos. 

Agora é preciso que seja aprovado no Parlamento, por pelo menos 226 votos. O último projeto de lei, proposto em 2021 – projeto de lei n° 5596 –, não foi aprovado no ano passado. 

A proposta moveu ativistas da organização Doentes da Ucrânia e outras organizações, que se reuniram fora do Parlamento exigindo a aprovação do projeto de lei n° 5596 que regulamenta o uso medicinal da cannabis.  

Controle

O Kyiv Post relata que um projeto de lei de 2021 foi reformulado e o governo pretende avançar e legalizar a cannabis para fins medicinais.

O Ministro confirmou a informação, afirmando que a cannabis não se enquadra no mesmo campo de drogas que outras (como cocaína ou MDMA), e que as medidas para regulamentar a circulação são completamente diferentes. 

No projeto de lei proposto, o Ministério da Saúde (ou seja, o governo) controlaria o cultivo, produção e venda dos produtos, bem como autorizações e licenças para o cultivo e pesquisa científica. 

Também forneceria um sistema de rastreamento sobre o processo para fornecer informações em todas as etapas de circulação dos produtos. 

Apoio norte-americano

Empresas de cannabis dos Estados Unidos estão se unindo para ajudar a Ucrânia em meio à Guerra. A Helmand Valley Growers Company (HVGC) foi fundada por veteranos de operações especiais do país e adota o foco em tratamentos ligados a traumas.

Em abril deste ano, a HVGC lançou um programa no qual os rendimentos da marca eram destinados para a World Central Kitchen no apoio ao país europeu.

Arthur Pomares

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por café, futebol e boa música. Axé.

Mais Notícias