• 16 de agosto de 2022

Ministério Público conclui que gesto de Arrascaeta não foi apologia à maconha

 Ministério Público conclui que gesto de Arrascaeta não foi apologia à maconha

Destaque no futebol brasileiro, o uruguaio virou alvo de discussões por uma comemoração feita em um clássico regional. 

 

Giorgian de Arrascaeta está em estado de graça na sua carreira profissional. Ídolo recente do Flamengo, o jogador confirmou a boa fase com uma atuação brilhante diante do Corinthians pela Copa Libertadores da América. 

Na mesma semana em que se destacou na competição mais importante do continente, o atleta chamou a atenção por outro motivo: um julgamento de uma suposta apologia ao uso da maconha movido contra ele. 

O resultado da ação foi favorável ao uruguaio.

Após várias análises, o Ministério Público deu as investigações por encerradas, o isentando de qualquer punição, e arquivou o processo. 

Confira: Brittney Griner é considerada culpada na Rússia

Entenda o caso

 

Arrascaeta foi acusado de fazer “alusão às drogas” em uma partida do Campeonato Brasileiro de 2020, disputada contra o Fluminense. 

Na ocasião, o jogador marcou um gol contra o arquirrival e comemorou segurando o dedo indicador e o polegar próximos a boca, um gesto normalmente utilizado para se referir ao ato de fumar maconha. 

O inquérito aberto contra o meia alegava que a celebração fazia apologia e que poderia incitar pessoas a utilizarem a erva. 

O procurador Fernando Aguiar, do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, afirmou que não é possível identificar essa possível intenção do atleta. 

“A todas as luzes, trata-se de um gesto comum e corriqueiro entre usuários de maconha. Entretanto, no contexto em que foi praticado, não tem o condão de ‘induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga’, mas sim o de externar a sua opinião”, ressaltou o representante. 

O uso medicinal da cannabis é capaz de tratar diversas condições, o que pode realmente mudar vidas. Caso queira tirar dúvidas sobre esse assunto ou começar um tratamento canábico, clique aqui.

Gustavo Lentini

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por futebol e pela comunicação.

Mais Notícias