EUA perdoa mais de 175 mil condenados por posse de maconha

EUA perdoa mais de 175 mil condenados por posse de maconha

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

O estado de Maryland tem o uso recreativo liberado desde o ano passado, mas o governador sentiu que precisava corrigir “erros históricos”

EUA perdoa mais de 175 mil condenados por posse de maconha

EUA perdoa mais de 175 mil condenados por posse de maconha
Foto: Freepik

Na noite deste domingo (16) o governador de Maryland, nos Estados Unidos, anunciou que irá perdoar mais de 175 mil condenados por acusações de posse de maconha. Segundo o Washington Post, o governador Wes Moore irá emitir o perdão na manhã desta segunda (17).

Os indultos também serão aplicados para pessoas que tiveram alguma pena pelo crime, mas já morreram. 

“Serão perdoadas todas as acusações de contravenção por posse de maconha que o judiciário de Maryland puder localizar no sistema eletrônico de registros judiciais do estado, junto com todas as acusações de contravenção e apetrechos vinculados ao uso ou posse de maconha”, disse a reportagem do Washington Post.

Em entrevista, o governador disse que essa é uma medida para “corrigir erros históricos”. Para ele, para criar um crescimento econômico inclusivo é necessário “remover barreiras” que dificultam principalmente negros.

Leia também: Joe Biden perdoa condenados por posse e uso de maconha

Os indultos serão feitos no do mesmo dia do Juneteenth, um feriado que comemora o fim da escravidão nos Estados Unidos. Embora o perdão seja para qualquer pessoa condenada por posse, os negros são a parte mais afetada pela criminalização.

Para além da emenda constitucional

A emenda constitucional sobre a legalização da cannabis recreativa foi aprovada pelos eleitores de Maryland em 2022 e entrou em vigor um ano depois. Ela aprovou o uso e posse por pessoas com 21 anos ou mais. Mas parece que o perdão foi um bônus. 

Agora, espera-se que os dispensários do estado gerem mais de US$30 bilhões em vendas neste ano, de acordo com uma estimativa do MJBiz. 

Atualmente, cerca de 27 estados já legalizaram o uso adulto da maconha. Outros 38 permitem apenas o uso medicinal. 

Mas em abril deste ano, o governo de Joe Biden reclassificou a maconha como uma substância de risco menor. Antes, a planta era classificada na lista I e estava ao lado de drogas como heroína e ecstasy. 

Hoje na Classe III, a cannabis está classificada como uma substância controlada e é equivalente a medicamentos prescritos. 

Quer entender como a terapia canabinoide vai ajudar na sua saúde? Clique aqui e fale com um especialista!

 

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas