• 25 de junho de 2022

Drake e Meek Mill tomam a frente e cobram uma posição do atual presidente dos EUA sobre o perdão aos infratores não violentos do país

 Drake e Meek Mill tomam a frente e cobram uma posição do atual presidente dos EUA sobre o perdão aos infratores  não violentos do país

Alguns dos maiores nomes do hip hop se uniram na esperança pelas reformas das leis relacionadas ao uso e porte de maconha. Com o objetivo de obter uma ajuda ao atual presidente, enviaram à Casa Branca uma carta de 25 páginas.

Como relatou o canal Fox 13, Drake, Meek Mill e outros rappers estavam entre as 150 celebridades que solicitaram a ajuda do Presidente Joe Biden para perdoar as sentenças de todos os infratores não violentos por maconha nos EUA.

A carta de 25 páginas foi enviada para a Casa Branca na última terça-feira (14). 

Ela detalha os motivos pelos quais os prisioneiros devem ser perdoados e menciona as leis estaduais promulgadas, que permitem o uso da maconha. 

“O que quer que se pense sobre outras drogas e outros réus, o encarceramento de infratores de cannabis em prisões federais é um mau uso dos recursos de nossa nação e grosseiramente hipócrita, dado que uma grande maioria dos americanos se opõe a proibição da erva e cerca da metade admite usar cannabis durante vida,’’ Diz a carta. 

O ofício ainda continua com: 

“Também se opõe ao arco da história e o princípio do federalismo: quase ¾  dos estados têm abandonado agora a proibição total do governo federal em favor do acesso seguro e regulamentado à maconha para adultos e aqueles com condições médicas qualificadas. ‘’

Danos do encarceramento

Além disso, a carta declara alguns dos impactos duradouros que uma condenação federal pode ter na vida do prisioneiro após a prisão.

“Os danos do encarceramento são óbvios, mas as dores das condenações federais por maconha transcendem os muros da prisão, torna isso mais difícil para alguém conseguir um emprego, acesso à moradia e educação,’’ continuar a nota.

”Isso pode limitar para sempre os direitos constitucionais de um indivíduo e pode colocar o sonho americano ainda mais fora do alcance de uma família inteira.’’

O rapper Ralo, que enfrenta duas acusações federais de intenção de distribuir maconha, é uma das muitas pessoas que as celebridades querem que seja perdoada.

“Simplesmente não é certo que as corporações possam violar a lei federal e se tornarem milionárias, enquanto pessoas como eu vão para a prisão por anos”, declarou Ralo anteriormente sobre o sistema prisional.

“Isso é hipocrisia. Mas tenho esperança de que Joe Biden honre sua promessa de campanha e nos conceda clemência sem demora para que possamos voltar para casa, para nossas famílias e comunidades ”.

Referências

  • Revolt.tv

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias