• 24 de junho de 2022

Diplopia: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

 Diplopia: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Você já ouviu falar da famosa “visão dupla“ ou conhece alguém que sofre dessa condição? Geralmente associada a outras condições de saúde, pode ser incapacitante, o que prejudica inclusive a realização de tarefas diárias. 

Essa condição acontece quando os olhos não estão alinhados corretamente, mandando para o cérebro informações das imagens do mesmo objeto, mas de ângulos diferentes. 

Indivíduos com diplopia não conseguem fundir a visão de ambos os olhos numa única imagem, e tem a sensação de que se está enxergando dois objetos ao invés de um só.

Existem diversos termos frequentemente utilizados para se referirem à diplopia, como:

  • Visão dupla;
  • Duplicada;
  • Dupla imagem;
  • Dupla visão;
  • Ver duas imagens;
  • Imagens fantasmas;
  • Imagem repetida;
  • Imagens com dupla visão.

A diplopia pode ocorrer de diversas doenças dos olhos ou sistêmicas. Isso pode variar bastante em relação a sua gravidade, desde casos simples até casos mais graves.

Além disso, a diplopia pode ocorrer das seguintes formas:

Horizontal: As imagens surgem horizontalmente, ou seja, uma ao lado da outra. 

Pode ocorrer a diplopia cruzada onde a imagem do olho direito está para a esquerda e a do olho esquerdo para a direita ou diplopia homónima onde a imagem do olho direito está para a direita e a do olho esquerdo para a esquerda.

Cruzada: Ocorre uma combinação de diplopia vertical e horizontal com uma torção.

Vertical: As imagens surgem verticalmente, ou seja, uma em cima e outra embaixo.

Mas quais são as causas da diplopia?

Basicamente, a visão dupla pode acontecer devido a alterações que não representam risco para a pessoa, como desalinhamento dos olhos. Mas também pode acontecer devido a problemas mais graves de visão, como a catarata, por exemplo. 

Além dessa, existem outras principais causas de diplopia que são:

  • Pancadas na cabeça;
  • Problemas de visão, como estrabismo, miopia ou astigmatismo;
  • Olho seco;
  • Diabetes;
  • Esclerose múltipla;
  • Problemas musculares;
  • Lesões cerebrais;
  • Tumor cerebral;
  • Derrame cerebral;
  • Uso excessivo de álcool;
  • Uso de drogas.

Sintomas de diplopia

Outros sinais e sintomas podem estar associados, aos quais incluem:

  • Visão turva ou embaçada;
  • Dor nos olhos;
  • Desalinhamento dos olhos;
  • Fotofobia (sensibilidade à luz);
  • Ardor ou ardência;
  • Exoftalmia e proptose (olhos salientes);
  • Fraqueza muscular;

Mas afinal, existe tratamento?

Existem casos em que a diplopia pode desaparecer sozinha, sem que seja necessário realizar tratamento.

No entanto, se persistir ou surgirem outros sintomas como dor de cabeça, náuseas e vômitos, é importante consultar o oftalmologista para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento.

O tratamento para diplopia consiste em tratar a causa da visão dupla.  Pode ser indicado a realização de exercícios para os olhos, uso de óculos, lentes ou cirurgia para corrigir problemas de visão.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias