• 25 de junho de 2022

Deputado agride Paulo Teixeira durante a comissão especial de cannabis

 Deputado agride Paulo Teixeira durante a comissão especial de cannabis

A agressão veio do deputado bolsonarista Diego Garcia, logo após o presidente da comissão não realizar uma votação nominal.

Durante a reunião que acontece hoje (18) sobre o Projeto de Lei 399 sobre a regulamentação da cannabis medicinal, um deputado bolsonarista se alterou e agrediu o presidente da comissão Paulo Teixeira (PT-SP).

Chamada de Comissão Especial de Medicamentos Formulados com Cannabis, as discussões têm causado atritos entre apoiadores e contrários, principalmente por um dos pontos que tem causado polêmica, o cultivo. 

A proposta prevê o plantio de cannabis em solo brasileiro regulado para a formulação de remédios e também o cultivo do cânhamo para a indústria. Essa variação da planta tem baixo teor de THC (componente que gera os efeitos alucinógenos). 

Motivo

A agressão veio do deputado Diego Garcia (Podemos – PR) durante a sessão que continua acontecendo. Ele tirou o microfone de Teixeira e o empurrou. 

Ele, e mais outros deputados começaram a aumentar a voz depois que Paulo Teixeira seguiu a sessão sem fazer uma votação nominal, que segundo o deputado, foi votada ainda no começo da reunião.

Logo que ele se alterou e foi até o presidente da comissão, os demais membros também se levantaram e foram até a mesa onde os dois estavam. 

“Esse deputado chegou aqui na minha frente e me deu um murro no peito!” desacreditou Teixeira.

Mais tarde, quando Garcia teve a palavra, argumentou que não agrediu o presidente da comissão. 

“Em momento algum eu agredi vossa excelência. A minha intenção não era essa. Eu queria que você parasse de falar, sendo que o meu requerimento para uma votação nominal foi feito”, explicou o deputado. 

Veja o vídeo:

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias