• 26 de junho de 2022

Demanda de cannabis medicinal para tratamentos psicológicos cresce na pandemia

 Demanda de cannabis medicinal para tratamentos psicológicos cresce na pandemia

Segundo um levantamento de uma empresa do setor, a crise do coronavírus aumentou 167% a procura do tratamento

A pandemia de COVID-19 não afetou apenas a saúde física, mas também a mental. Segundo um levantamento feito pela Abril, 54% das pessoas estão extremamente preocupados com a situação do Coronavírus.

A pandemia gerou três medos:

  •         O anseio da superlotação nos hospitais, de uma forma que não seja possível atender a todos;
  •         As pessoas temem por seus familiares e amigos, principalmente que estão no grupo de risco;
  •         O medo do desemprego e dificuldades de recolocação.

O Brasil já é o país mais ansioso do mundo, e diante do isolamento e de um futuro incerto, é de se esperar que a ansiedade e a depressão possam ficar mais aguçadas neste momento difícil. As doenças psicológicas aparecem como uma segunda onda depois do COVID-19

A cannabis nesta história

As propriedades medicinais da cannabis para o tratamento de depressão e ansiedade não são novidades. 

O canabidiol (CBD), substância que não provoca efeitos alucinógenos, pode agir regenerando algumas células, além de auxiliar no equilíbrio da homeostase, ou seja, da regulação das funções do organismo.

Estudos pré-clínicos têm demonstrado a eficácia da planta pode ajudar a reduzir os sintomas da ansiedade, além de trazer um relaxamento e calma aos pacientes.

 Levantamento

Uma clínica especializada em cannabis medicinal tinha atendido apenas 9 pacientes com sintomas de ansiedade em fevereiro e março de 2020. Mas nos dois meses seguintes, os números deram um salto para 24. Um aumento de quase 170%.

Pacientes que já tinham tentado outras alternativas, mas que encontraram na cannabis o efeito esperado.

Alta que pode ser percebida pela maior disseminação do conteúdo, onde mais pessoas sabem sobre estes benefícios, e também nos pedidos para plantio. Hoje no Brasil, já há quem plante cannabis para tratar ansiedade e depressão legalmente. 

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias