• 19 de maio de 2022

Da França para Israel, conheça a casa de cânhamo

 Da França para Israel, conheça a casa de cânhamo

Você não precisa ser um mestre de obra ou engenheiro para saber que uma casa geralmente segue um padrão na sua construção, principalmente os materiais. Mas em Israel alguns métodos têm mudado e o resultado tem sido cativante. 

Todo mundo sabe que a erva da cannabis não serve apenas para fumar. A cannabis também tem propriedades incríveis, onde os israelenses lideraram o mundo na descoberta.

E agora Israel tem sua primeira casa feita de cânhamo, a derivação da cannabis com pouco THC. Mais especificamente da parte fibrosa da planta cannabis. 

A casa inovadora fica na encosta sul da vila de artistas israelenses em Ein Hod, de frente para o Mar Mediterrâneo.

Os proprietários queriam uma casa que fosse um arquétipo de construção sustentável e se

misturasse com a beleza de seu entorno natural, e incluísse espaços para workshops e convidados. 

Historicamente, esta encosta do Monte Carmel era uma pedreira fornecida para a construção de rochas para as casas da vila. 

O Tava Group de Haifa, pioneiro de eco-arquitetura e designer em Israel, construiu 55 centímetros de espessura do estúdio no térreo da casa de cânhamo para criar uma fundação. 

A mesma pedra que também era usada para pavimentação da casa.

As paredes do piso principal são construídas através de cânhamo hurd – o núcleo interno macio do caule da planta de cânhamo, conhecido por ser altamente absorvida, rica em celulose e possuindo grandes propriedades térmicas e acústicas. 

Os hurds são revestidos com cal hidráulico e fundidos em uma moldura de madeira, um método de construção ecológico que fornece isolamento térmico superior.

As divisórias interiores em taipa de pilão, fundida em caixilharia de maneira, também contribuem para o aumento de massa térmica na casa. 

O exterior é revestido com gesso natural à base de cal e as superfícies interiores são tratadas com uma camada espessa à base de terra, para aumentar ainda mais a moderação climática.


O proprietário da casa é muito dedicado às questões do meio ambiente, por isso ele foi e aprendeu sobre esse método na França e levou a ideia para Israel.  Disse o sócio fundador do Group Tav, Maoz Alon, ao site Israel21c.

Séculos atrás e até o início do século 20, era possível encontrar casas de palha e taipa no meio rural aqui. Mas a lama é suscetível à erosão da chuva contra o cal, que eventualmente se torna calcário. Mas a cannabis hurds, é muito mais forte e mais durável do que palha. ”

Ele disse que a inovação da primeira casa de Israel “está na fusão de novas tecnologias com padrões arquitetônicos locais comprovados tradicionais com materiais naturais“ provenientes de Israel e do exterior. 

O cânhamo, crescido especificamente para propósitos de construção, foi encomendado da  França, como um cal especial para aumentar o cal israelense. A madeira para a estrutura foi cultivada em uma floresta canadense sustentável.

“Esses materiais naturais, cheiram e tem uma sensação tão boa durante todo o processo de construção“, disse Alon. 

A casa é pequena e é reforçada por diversos elementos.

Um pátio voltado para o sul em frente ao hall de entrada pega a brisa do mar. Em direção ao norte, um tribunal de serviço funciona como uma chaminé de vento. 

Para a conservação da água é usado um sistema de águas servidas, um sistema de coleta de água da chuva no telhado e banheiros de compostagem. 

Os painéis solares na cobertura e ar-condicionado passivo fornecem aquecimento e resfriamento naturais.

Os 250 metros quadrados da residência estava pronto para a família se mudar no inverno passado.

Apesar da construção da equipe do Bottz Group ter demorado menos de um ano, o planejamento e concepção do projeto começaram em 2009, disse Alon. 

O custo foi aproximadamente 150% a mais do que uma casa convencional. Mas Bottz e Tav esperam reduzir o preço substancialmente para os futuros clientes, agora que aperfeiçoaram o processo. 

“A arquitetura vai muito além do material.“, disse Alon, “E sobre a criação do estado para habitação que apoiem fisicamente  e espiritualmente. Essa qualidade dificilmente pode ser captada em uma fotografia ou transmitida em palavras. Espero que a casa Ein Hod seja julgada favoravelmente neste contexto mais amplo.“

Referências

  • Israel21

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias