• 26 de junho de 2022

Crescimento do propano em meio ao mercado de cânhamo

 Crescimento do propano em meio ao mercado de cânhamo

Uma coisa é certa: com o passar dos anos o mercado de cânhamo tem crescido constantemente, mas qual seria a ligação industrial entre o cânhamo e o propano? 

Com a intenção de educar os membros da indústria sobre o uso de propano para o cultivo de cânhamo, a National Propane Gas Association (NPGA) organizou um seminário chamado “ O cânhamo e a Indústria de Propano

Twana Aiken, gerente de assuntos relatórios da NPGA, compartilhou uma pesquisa sobre o crescimento  de cânhamo e as oportunidade que ele pode oferecer aos revendedores de propano. 

Mas o que é propano?

O Propano é um dos três carbonos alcano com a fórmula molecular C 3 H 8. É um gás à temperatura e pressão padrão, mas compressível a um líquido transportável.

Um subproduto do processamento de gás natural e refino de petróleo, geralmente usado como combustível. 

O propano faz parte de um grupo de gases liquefeitos de petróleo (gases LP). O gás propano se tornou uma escolha popular para uso em churrasqueiras e fogões portáteis, porque seu baixo ponto de ebulição faz com que vaporize assim que é liberado do  recipiente. 

Ele fornece energia para ônibus, empilhadeiras, táxis, motores de barco e máquinas de recapeamento de gelo.O propano também é usado em alguns motores a diesel para melhorar a combustão.

Derivados de cannabis

Segundo a gerente, a Farm Bill em cinco anos, foi o primeiro ato legislativo que permitiu o cultivo de cânhamo. Depois que a Farm Bill de 2018 foi aprovada, o cânhamo industrial se tornou legal em nível federal e foi considerado uma mercadoria agrícola, explica Aiken.

Ela também explicou que existem dois tipos de cannabis

  • A cannabis indica, que contém 0.3% ou menos de THC. Ela tem mais canabidiol (CBD), substância que não tem os mesmos efeitos químico que o THC. 
  • A cannabis sativa, mais conhecida como maconha, tem um nível alto de THC e causa os efeitos intoxicantes, geralmente mais associada ao uso recreativo da cannabis. 

O cânhamo também é colhido para fazer o óleo de sementes, fibra e usado em uma variedade de produtos também, como cosméticos, loções, meias e tecidos. 

O uso do gás propano na agricultura de cânhamo

A principal oportunidade que o gás propano tem para interagir com o mercado de cânhamo é através da secagem da colheita.

Estima-se que um aquecedor de propano de 100 Btu pode secar cerca de 750 a 1,000 alqueires (uma medida agrária utilizada para sólidos) de cânhamo em um período de 24 a 48 horas, de acordo com Aiken. 

Normalmente, o plantio da safra acontece entre o meio Maio e início de Junho, e a colheita é feita no início de em outubro. 

Existe outra forma do propano entrar no mercado, e essa é através do aquecimento de estufas. Embora existam fazendas tradicionais para o cultivo de cânhamo, muitos agricultores preferem cultivar em estufas para controlar e manter a consistências das temperaturas. 

O propano pode ser também usado em processos de extrações para recuperar o óleo CBD da planta de cânhamo, afirmou Aiken.

Quais são as regras e regulações?

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) é a principal agência que supervisiona e fiscaliza a produção de cânhamo.

No mês de julho, cerca de 25 tiveram a aprovação da USDA em programas de produção de cânhamo, disse a gerente. A administração de segurança e saúde ocupacional, procura manter os processadores de cânhamo alinhados com os padrões gerais da indústria que incluem:

  • Comunicações de perigo;
  • Bloqueio;
  • Etiquetagem;
  • Proteção respiratória;
  • Caminhões industriais em boa condições;  
  • Proteção de máquina.

Atualmente, os governos estaduais exigem que os produtores e processadores de cânhamo tenham em mãos uma licença, que varia de acordo com cada estado, afirmou Aiken.

Ela disse também que os revendedores de gás propano não são obrigados pela lei a verificar a licença dos agricultores de cânhamos, mas sugere que eles confirmem com esses agricultores se a operação deles são legítimas.

Principais preocupações dos revendedores

De acordo com a gerente Aiken, os técnicos de gás propanos não estão expostos ao THC ao cuidar de um campo de cânhamo.

Os regulamento do USDA garantem qualquer cânhamo acima de 0.3% de THC será destrutivo“, disse ela.  Para os técnicos de gás propano serem expostos ao THC em plantas de cânhamo, ele teria que ser aquecido por outros meios químicos“ acrescenta.

Ela também disse que o contato com THC durante o processo de secagem de colheita, através de inalação ou contato com a pele, não tem problema. Mas, o revendedores que ainda tem preocupações em relação a isso, podem usar máscaras de proteção, por exemplo.

Por fim, ela disse que para os comerciantes que  estão entregando combustível, não é necessário nenhum equipamento de proteção individual, além do que já é exigido. 

Referências

  • lpgasmagazine
  • tabacaria damata
  • Seachat

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias