• 28 de junho de 2022

Cozinhando com cannabis: Curso sobre culinária canábica será realizado no próximo sábado

 Cozinhando com cannabis: Curso sobre culinária canábica será realizado no próximo sábado

Refeições, saladas, sobremesas e lanches, a cannabis pode combinar com tudo! Ajude o projeto Mães Jardineiras e de quebra aprenda a utilizar a planta na cozinha.

Enquanto a cannabis já invadiu os pratos de vários países ao redor do mundo, o acesso à culinária com o ingrediente no Brasil ainda é bastante restrito.

Mas uma curiosidade: Já provou aquele prato de cannabis que você amou e quis reproduzir, mas não sabia como? Ou então simplesmente já quis aprender sobre culinária canábica?

Muitos brasileiros nem sabem que a planta pode ir na comida. Mas o fato é que a cannabis pode ser consumida não só pelas suas folhas, mas também pelas sementes, que são uma fonte de proteína, ferro, ômega 3.

Curso de cannabis na cozinha

Se quiser aprender mais sobre isso, o projeto Mães Jardineiras irá promover um curso no próximo sábado (16/01), onde vai ensinar um pouco sobre este universo.

O objetivo deste curso é apresentar alguns princípios da culinária canábica, bem como o modo de preparo de diversas receitas básicas para o preparo de comestíveis.

Quem vai administrar a aula será a Budtender e Técnica em Processos de Cultivo de Cannabis, Paula Caroline.

No decorrer da oficina as diferenças e usos das diversas partes da planta de cannabis serão esclarecidos.

 Além disso, também a variedade de alimentos produzidos a partir da maconha: das folhas e flores até os chamados concentrados (ou extratos).

Serão abordados temas como:

  •         Uma breve história da culinária canábica no mundo;
  •         Os diversos tipos de matéria-prima;
  •         Formas de preparo de comestíveis;
  •         Momentos práticos com várias receitas canábicas – de saladas e refeições até sobremesas e lanches.

Curso com propósito

Este curso é uma parceria do Projeto Mães e Mulheres Jardineiras – MMJ que foi idealizado pela Dra. Eliane Nunes, diretora geral da Sociedade Brasileira de Estudos Sobre a Cannabis Sativa (Sbec).

A renda arrecadada com as inscrições será revertida para o projeto, que ajuda mães a conseguirem o salvo-conduto, o habeas corpus que dá o direito de cultivar cannabis em casa para a fabricação de medicamentos.

Até agora, o projeto já conseguiu 4 habeas corpus para mulheres de baixa renda.cu

No sábado a oficina vai ser administrada das 16:20 às 20:20

O valor do curso é de R$59,00 para associados da Sbec e R$99,00 para não associados. 

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias