• 26 de junho de 2022

Conheça o primeiro restaurante com infusão de CBD do Reino Unido

 Conheça o primeiro restaurante com infusão de CBD do Reino Unido

Já é super interessante e atraente um restaurante com infusão de canabidiol. O melhor de tudo é que a The Canna Kitchen é vegana e vegetariana.

Traduzido através do site americano High Times

Em novembro de 2018 o Reino Unido legalizou o uso de cannabis medicinal para tratamentos e produtos CBD de cânhamo. Esse novo mercado abre as portas para uma infinidade de oportunidades de negócios e muitas pessoas não perdem tempo e imediatamente entram nessa ”onda verde”. Após a legalização, um restaurante foi aberto no U.K, imagina isso aqui no Brasil? O tanto de variedades de produtos que poderiam ser saboreados de maneira diferente, as oportunidades que gerariam, os lucros e o valor que agregaria mais ainda a culinária do país.

A duas horas de Londres e apenas alguns quarteirões do mar, em uma pequena e movimentada rua no bairro histórico de Brighton, no sul da Inglaterra, a The Canna Kitchen, inaugurada em dezembro de 2018, é o primeiro restaurante vegano e vegetariano com produtos de infusão de cannabis no Reino Unido.

“A chefe Charlotte Kjaer me recebeu na porta com um lindo sorriso e me apresentou a Sam Evolution, fundador e gerente do The Canna Kitchen.” disse Francesca Gennari, Jornalista da High Times.

Em uma missão de mudar o jeito que as pessoas percebem a planta, Sam e sua equipe, se dedicam em pratos de alta qualidade, saudáveis e criativos, que podem ser infundidos com cannabis de acordo com o desejo do cliente.

“Quero criar algo especial” disse Kjaer. ”Gosto de combinar sabores e aromas naturais da planta com diferentes tipos de comida. Quero transmitir a paixão que tenho por esta planta maravilhosa através das minhas criações.”

Kjaer conhece bem os inúmeros benefícios da planta cannabis.

”Todos estão falando sobre o nosso uso do CBD, mas também cozinhamos com outros canabinóides como o CBG e o CBN.” acrescentou ela.

Francesca Gennari/ High Times

(Francesca Gennari/ High Times)

Atrações do restaurante e sua missão

“O ar estava denso e úmido e o vento soprava em direção ao restaurante. Entrei no local, e imediatamente me senti relaxada. Os tons de madeira, detalhes na parede, e uma decoração elegante tornaram a atmosfera do lugar aconchegante e acolhedora. Sentamos e fizemos o nosso pedido, enquanto tomávamos um pouco de chá de cânhamo. 

Experimentei um Canna Sandwich, um tofu orgânico com tempero de harissa ou sanduíche de grão-de-bico e tofu em sourdough assado com hummus caseiro e creme de tahine infundido com CBD, servido em conjunto com uma salada sazonal. Como sugerido pelo chef, também experimentei os Lean Greens (tempura de feijão-verde, dukkah de cânhamo e avelã, creme de tahine CBD, romã e salsa) e os Blinis Smoked & Enrolado (cenoura “salmão defumado” e cânhamo com coco endro) cream cheese, beterraba, cebola roxa em conserva e alcaparras crocantes).” relatou Gennari.

Francesca Gennari/ High Times

(Francesca Gennari/ High Times)

‘’A cannabis é nutritiva, versátil e poderosa, repleta de sabor, fragrância, e benefícios terapêuticos naturais.” disse Kjaer.

Pelo que podemos observar, o restaurante tem muitos pontos positivos, desde o atendimento até o sabor e aroma dos pratos que são servidos.

“Então fomos para o andar de cima do local, onde fica o dispensário e um aconchegante lounge. Pudemos saborear um café marroquino com infusão.” disse Francesca.

O dispensário oferece uma ampla quantidade de itens, desde vaporizadores até produtos para cuidados com a pele, alimentos para animais de estimação e uma variedade de ervas, tudo com o nível de THC abaixo de 0.2%.

(Francesca Gennari/ High Times)

O impacto sobre o público

As leis em torno do uso da cannabis tem se tornado cada vez mais tranquilas no Reino Unido, depois que histórias de pessoas tem se espalhado e ajudado a mudar as atitudes diante da planta. Especialmente depois do caso de Billy Caldwell, um garoto de 12 anos que pôde diminuir a frequência de convulsões causadas pela epilepsia através do uso de óleo CBD e receberá uma licença emergencial, permitindo que ele seja tratado com a cannabis medicinal depois que seu óleo de cannabis foi apreendido no aeroporto de Heathrow no ano passado, o que gerou um imenso clamor popular.

”A resposta pública sobre o restaurante é muito boa,” disse Sam. ”As pessoas estão curiosas em relação a nossa fábrica e queremos conversar mais sobre isso, informando o público.”

”Sinto que a descriminalização é inevitável, é só uma questão de tempo. Eu gostaria de ver um grande investimento na educação em relação ao uso consciente e responsável. Não somente da cannabis, mas de todas os medicamentos vegetais que estão aqui para nos ajudar. 

Acho que a The Canna Kitchen pode abrir caminho para muitos conceitos como esse no Reino Unido. Eu li sobre o filho de Jeremy Corbyn’s abrindo uma cafeteria a base de cânhamo em Londres, estamos extremamente animais com isso, e sem dúvidas ele tem todo o nosso apoio nesse projeto. É um momento muito importante para o cânhamo / cannabis, que está ganhando espaço no reconhecimento popular.” disse Gennari.

(Francesca Gennari/ High Times)

Infusão de cannabis no Brasil 

A infusão de cannabis nos restaurantes do Brasil é proibida, salvo pela cannabis medicinal que só pode ser usada com prescrição médica e se for o último recurso disponível. No Brasil, há a venda de um remédio à base de CBD nas farmácias, mas o THC deve ser importado com uma autorização excepcional da Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA).

No entanto, este método é bastante caro. Outra opção é achar uma associação que possa te ajudar a conseguir o óleo ou pedir a autorização da justiça estadual para plantar em casa.

Referências:

  • Hight Times

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias