• 21 de junho de 2021

A maioria da frança é a favor da descriminalização da cannabis

 A maioria da frança é a favor da descriminalização da cannabis

Conforme a cannabis tem ganhado cada vez mais espaço no meio político e social, as opiniões dos cidadãos da França tem mudado muito.Uma nova pesquisa mostra que a maioria do público francês agora é a favor de uma mudança na política da planta.

De acordo com uma pesquisa publicada pelo Institut Français d’Opinion Publique (IFOP), mais da metade dos cidadãos franceses descriminalizaria o consumo de cannabis em um futuro próximo.

Durante o levantamento da pesquisa, a IFOP descobriu que 51% seriam a favor da mudança, comparado com a porcentagem de 2017, quando 43% disseram o mesmo, um resultado massivo para todos os defensores e ativistas da erva que têm trabalhado pela causa nas últimas quatro a cinco décadas .

Mas sejamos realistas, nem todos concordam, é claro. O professor de toxicologia Jean-Claude Alvarez afirmou o seguinte:

 “Fazemos as pessoas acreditarem que a cannabis é um produto bom, quase ecológico, ao passo que é uma droga perigosa que dobra o risco de acidente se você dirigir, causa problemas cardíacos e promove esquizofrenia”.

No entanto, os levantamentos também mostraram que o público está insatisfeito com a estratégia de drogas do país, chamando de “ineficaz”.

Além disso, um número ainda maior (67%) acha que criar um mercado de cannabis legal e regulado pelo estado seria uma boa ideia no futuro, ajudando a solucionar alguns problemas existentes, muitos acreditam que um mercado controlado poderia ser a solução contra os traficantes de drogas, por exemplo.


Surgimento dos resultados 

Os resultados da pesquisa surgiram após a promessa do governo francês de realizar um projeto piloto para fornecer cannabis medicinal gratuita e uma pesquisa pública para avaliar a opinião dos cidadãos sobre a cannabis no ano passado.

Os resultados foram reveladores. Cerca de 85% de todos os entrevistados acreditam que indivíduos devem ter o direito do cultivo, mesmo que exista um limite proibido de cannabis para uso pessoal.

Naquela época, Jean-Baptiste Moreau, deputado por Creuse e chefe de uma comissão parlamentar sobre o uso recreativo da planta, disse que enxergava que o ato de legalizar o uso adulto da droga poderia ser uma possibilidade na França.

“Realmente devemos realizar um debate para esclarecer os cidadãos sobre esta questão”. Disse Moreau.

“Hoje temos uma proibição, mas temos níveis recordes de consumo. Portanto, a situação é insustentável. Proibir a cannabis não está funcionando. Isso apenas cria um mercado paralelo. Temos uma economia paralela significativa, que financia outras redes, como tráfico de armas e outras. ” Acrescentou o deputado.

Há poucas semanas, outro parlamentar francês defensor da cannabis, François-Michel Lambert, o deputado do LEF, ganhou espaço nas manchetes quando ergueu um consórcio de cannabis na Assembleia da França .

Ele disse: “A legalização, controlada pelo Estado, permitiria, além de garantir ao consumidor de produtos controlados, secar o tráfico e criaria arrecadação tributária e empregos. Seria acompanhado de verdadeiras políticas de prevenção dirigidas aos jovens para reduzir o consumo e os riscos.

Referências

  • Canex
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias