• 19 de maio de 2022

USP lança curso de medicina canabinoide para profissionais da saúde

 USP lança curso de medicina canabinoide para profissionais da saúde

O curso em formato de EAD é voltado para médicos e dentistas que desejam prescrever o óleo feito da planta.

Recentemente a Universidade de São Paulo (USP) lançou o seu primeiro curso sobre o Sistema Endocanabinoide online,  através da Escola de Educação Permanente do Hospital das Clínicas.

Voltado para médicos e eventualmente profissionais da área de odontologia, o curso à distância é uma capacitação para aqueles que desejam prescrever cannabis aos seus pacientes.

Além de abordar as diferentes espécies da planta, as aulas também vão orientar os profissionais a prescrever concentrações e dosagens de forma correta.

Com uma carga horária de 15 horas, o curso patrocinado pela HempMeds vai disponibilizar um certificado credenciado pelo Conselho Estadual de Educação e terá um custo de R$ 1.900,00.

“O curso abrange, desde os conceitos iniciais e princípios de extração das diferentes substâncias provenientes da cannabis sativa até as indicações clínicas para diferentes áreas. Ainda, na última aula, há uma rica discussão de casos clínicos”, afirma Renato Anghinah, um dos coordenadores do curso e diretor na HempMeds Brasil. 

Maior consumo

Apesar das restrições, os produtos à base de cannabis são cada vez mais consumidos no Brasil. 

Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Indústria de Cannabis (BRCann), desde o início da pandemia de COVID-19, 33.077 pessoas solicitaram uma autorização na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a importação de produtos à base da cannabis.

O número é três vezes maior que o total de pacientes que tinham uma autorização desde que as emissões foram regulamentadas. Para se ter uma ideia, só nos últimos 12 meses, mais de 26 mil pacientes obtiveram o direito.

Isso sem contar pacientes que começaram a comprar o medicamento nacional da Prati-Donaduzzi,  que utilizam óleos de associações ou que possuem um aval judicial para plantar. 

Outras Universidades

A unidade da USP de Ribeirão Preto, tem até um Centro de Endocanabinoide, que se dedica a pesquisas exclusivamente voltadas para a planta.

Mas não é só a universidade de São Paulo que busca capacitar médicos para a prescrição de produtos feitos com a planta. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte, (UFRN) também criou um curso voltado para estudantes e profissionais da saúde sobre o uso terapêutico da cannabis.

E não só no estado, mas os alunos de biomedicina, farmácia e medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), também já tem a matéria de cannabis em suas grades. Ela serve para capacitar os profissionais terapêuticos para usar a cannabis na profissão.

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) também oferece cursos sobre cannabis, tanto EAD, quanto em parcerias com entidades, como o curso realizado na Paróquia do Padre Ticão, na zona leste.

Lá o curso é voltado para todos os públicos e certifica um número alto de pessoas todos os anos. Só em janeiro deste ano, a universidade anunciou 6 mil vagas só para o curso de cannabis.

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias