• 27 de junho de 2022

Queremos morrer jovens, mas o mais tarde possível

 Queremos morrer jovens, mas o mais tarde possível

Foto: Freepik

O envelhecimento com saúde é o alvo de pesquisadores há décadas. Um dos fatores que está alterado no envelhecimento é a autofagia, um processo pelo qual as células reciclam seus componentes para otimizar o funcionamento ou criar novas células. 

Uma autofagia defeituosa está ligada ao envelhecimento precoce, doenças degenerativas (Alzheimer, Parkinson) e câncer

Quando o processo está eficiente há redução da inflamação, fortalecimento do sistema imune, eliminação de microorganismos, toxinas e também células tumorais. O resultado é uma vida mais longa e saudável.

Como podemos ajudar nosso corpo a realizar uma autofagia adequada? 

  • Desde o famoso jejum intermitente;
  • Exercício físico de alta intensidade;
  • Sono de qualidade;
  •  Dieta cetogênica;
  • Sauna;
  • Crioterapia;
  • Ozonioterapia;
  •  Suplementos e alimentos como resveratrol, fisetina, espermidina, urolitina A (romã), metformina, berberina, curcumina, chá verde, café, gengibre, canela, ginseng, alho, cogumelos reishi e chaga, óleo TCM, sulforafanos (brócolis e couve-flor), polifenóis (berries, chocolate e café), NADH, vitamina D, ômega 3 e azeite de oliva. 

Percebe a importância dos seus hábitos na sua longevidade e qualidade de vida?

Queremos morrer jovens, mas o mais tarde possível

O nosso sistema endocanabinoide desempenha papel crucial no equilíbrio dos sistemas nervoso, endócrino e imune.

Estudos recentes em animais e in vitro (células neuronais humanas), demonstram que componentes da Cannabis, como o Delta 9 Tetrahidrocanabinol (THC) e o Canabidiol (CBD), aumentam a longevidade

Já sabemos há anos de seus efeitos anti-inflamatório, antioxidante, analgésico, ansiolítico, anticonvulsivante e anti-cancer. Mas esse efeito modulador da autofagia é uma descoberta recente

Nos estudos é demonstrado que o CBD aumenta não apenas a longevidade (lifespan) mas também o tempo de saúde (healthspan), que é um conceito mais importante e atual do que o primeiro. Afinal, queremos morrer jovens, mas o mais tarde possível.

Em 1597 Sir Francis Bacon disse: “Informação é poder”. Com posse dessas informações você tem o poder de fazer melhores escolhas todos os dias. 

Qual caminho você escolhe?

 

Paula Reichert

Dra. Paula Reichert Leite é Médica Funcional Integrativa formada há 20 anos, com certificação pelo Institute for Functional Medicine (IFM.org- Certified MD Practitioner), Health Coach pelo Institute for Integrative Nutrition NY (IIN.org) e médica prescritora de Cannabis Medicinal. Conheceu a Medicina Canábica há 5 anos como paciente e desde então vem ajudando a desmistificar o tema. No seu Instagram "@equilibrando_sua_saude" e no seu Blog "Equilibrando Sua Saúde", ela fala sobre Medicina Funcional Integrativa e Cannabis Medicinal. Oferece consultas on-line de Medicina Canábica e Integrativa.

Mais Notícias