• 28 de fevereiro de 2021

O uso de melaço pode beneficiar o crescimento e a produção de cannabis

 O uso de melaço pode beneficiar o crescimento e a produção de cannabis

E o mundo canábico como sempre cheio de novidades, desde o cultivo até o consumo e benefícios. Hoje vamos falar um pouco sobre como o melaço pode ser benéfico no crescimento da planta.

Seja alguém que esteja cultivando seu primeiro jardim ou um cultivador experiente, todos nós sabemos que os rendimentos de alta qualidade durante esse processo dependem de plantas fortes e saudáveis. 

Para um bom cultivo, dentro ou fora de casa, a saúde das plantas é muito importante.

E o melaço, uma fonte natural de carboidratos, pode ajudar a dar às plantas a base necessária para um crescimento forte e saudável. 

Há quase trinta anos, uma empresa  foi pioneira no uso de melaço para plantas, os produtores viram em primeira mão como o melaço pode ajudar a otimizar a saúde das plantas e aumentar sua qualidade e seus rendimentos.

Por esse motivo, os produtores de primeira linha em todo o mundo recorrem ao melaço para usarem em suas plantas.


Qual a conexão entre os carboidratos de melaço e cannabis?

Quando falamos de crescimento de plantas, os carboidratos são essenciais para que tudo ocorra bem. 

Por meio da fotossíntese, as plantas captam energia luminosa e a transformam em oxigênio e carboidratos. 

Esses carboidratos fornecem a energia química que alimenta o crescimento das plantas e apoia o desenvolvimento estrutural forte e saudável da raiz ao botão. 

Embora as plantas produzam seus próprios carboidratos, a suplementação com carboidratos de melaço de base natural pode melhorar todo o processo. 

Isso quer dizer que enquanto elas estão usando ativamente seus carboidratos para energia diária e crescimento, o produto adicional intensifica esse processo e também armazena carboidratos na reserva.

Ao dar às plantas a vantagem extra que o ele oferece, é possível garantir que a genética do seu cultivo possa atingir seu potencial máximo.

Além disso, com o melaço, as associações simbióticas que ocorrem no solo criam um ambiente mais apropriado.

Isso ajuda no crescimento forte e saudável das raízes e promove maior disponibilidade e absorção de nutrientes, o que aumenta ainda mais o vigor e a força da planta. 

O solo mais saudável leva a plantas de cannabis mais saudáveis ​​e mais fortes e isso causa safras maiores e melhores.

Por que os produtores de primeira linha escolhem melaço premium para suas plantas?

Vale ressaltar que apesar dos benefícios naturais, nem todos os produtos são criados iguais.

Para que o cultivo seja otimizado, é necessário um produto de melaço premium com o qual seja possível fornecer todos os benefícios do produto de forma confiável e consistente. 

É por isso que os cultivadores que sabem disso, continuam a expor seus jardins aos carboidratos totalmente naturais e à nutrição encontrados no produto específico  para plantas.

Existe o melaço de supermercado comum, que varia muito a qualidade, consistência e composição.

Diferente desta opção premium, muitos desses produtos vêm de açúcar de beterraba ou outras fontes de baixa qualidade em vez de cana-de-açúcar pura.

Outros até têm adoçantes artificiais ou água com açúcar e contém aditivos que atuam contra os benefícios que o melaço oferece às plantas.

Quando o melaço premium é usado no cultivo?

Há empresas que desenvolvem  melaços direcionados a plantas, como parte de um programa de fertilização completo durante todos os estágios de crescimento.

Desde o cultivo interno, com efeito de estufa ou ao ar livre, é possível usá-lo para produtos vegetais com misturas de plantio, hidroponia (sistema de cultivo de plantas caracterizado por não precisar de terra) ou seu solo nativo.

Também é recomendado como ingrediente em chás de plantas. Pode ser usado em receitas, que servem como fertilizantes completos, ou para apoiar programas de fertilização. 

Referências

  • High Times
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias