• 27 de outubro de 2021

Nabiximol Spray: o que é, para que serve e como comprar

 Nabiximol Spray: o que é, para que serve e como comprar

Pequenas borrifadas embaixo da língua podem ajudar pessoas até doenças neuromotoras graves.

Se você está lendo isso é porque sabe que a cannabis tem uma série de propriedades terapêuticas que podem ajudar a tratar várias doenças.

No entanto, como em qualquer outro remédio, há fórmulas específicas para cada condição. Isso ajuda a tratar com uma maior eficácia e precisão.

Como o Nabiximol, por exemplo. Um medicamento à base de cannabis indicado para o tratamento de esclerose múltipla.

Talvez você o conheça pelo nome Sativex, adotado pelo Reino Unido, ou então, como Mevatyl, adotado pelo Brasil. Mas todos são a mesma coisa.

Este foi o primeiro remédio legal feito à base de cannabis no mundo. Lançado no Canadá em 2005, foi produzido pela GW Pharmaceuticals e distribuído pela Bayer.

O nome Nabiximol foi adotado para referir-se a medicamentos à base de plantas com concentração de canabinoides, embora as pessoas se refiram apenas ao Sativex.

Composição

Ele é feito com proporções de canabidiol (CBD) e tetra-tetraidrocanabinol (THC) praticamente iguais. Para quem não sabe, os dois compostos extraídos da cannabis são chamados de canabinoides.

Os canabinoides funcionam a nível celular e são a “fórmula mágica” das propriedades terapêuticas da planta.

Apesar do canabidiol ser mais usado em medicamentos e o THC possuir os efeitos alucinógenos da planta, os dois juntos formam uma combinação mais potente e ideal para tratar a esclerose múltipla.

Diferente de remédios convencionais, que contém uma série de efeitos colaterais, as reações adversas do medicamento se resumem a sonolência, fadiga e náuseas.

Como funciona

O nosso corpo também produz canabinoides, eles ajudam a regular a homeostase, ou seja, o equilíbrio de várias funções, como o sono, a fome, o humor, sistema nervoso e sistema imunológico.

Eles trabalham através de um sistema chamado Sistema Endocanabinoide, que possui receptores por todo o organismo.

Estes receptores sinalizam quando algo não vai bem, é aí que entra a ação dos canabinoides. É por isso que a cannabis ajuda a tratar tantas doenças.

O Nabixmol atua em alguns sintomas da Esclerose Múltipla, ajudando a relaxar os músculos contraídos, e na função motora.

Isso porque o remédio age diretamente em um receptor chamado CB2, que influencia o Sistema Nervoso.

Os seus efeitos anti-inflamatórios também podem ser um supressor imunológico.

Isso porque quando o receptor é ativado, ele gera um efeito estabilizador nos canais que influenciam as respostas inflamatórias.

É importante lembrar que o remédio não cura, mas ajuda a tratar os sintomas.

Ajudando a tratar a espasticidade

Doenças neuromotoras não tem cura. Por isso, o que resta é o tratamento dos sintomas para garantir uma qualidade de vida.

Um estudo publicado em 2018 na revista The Lancet Neurology mostrou que o remédio pode ser de grande ajuda para doenças neuromotoras.

A pesquisa, realizada na Itália, testou o spray e também placebos em 60 voluntários, e mostrou que o remédio pode ser de grande ajuda até mesmo para organismos que são resistentes a remédios convencionais para dor e espasticidade.

Uma boa solução para pessoas que possuem doenças neuromotoras mais agressivas, como a esclerose lateral amiotrófica (ELA), que acometeu o britânico Stephen Hawking, por exemplo.

Como comprar

Assim como o remédio foi o primeiro medicamento à base de cannabis legal no Reino Unido, ele também foi o primeiro e único aprovado aqui no Brasil.

Depois da resolução 327/19 entrar em vigor em março de 2020, produtos à base da planta também foram permitidos, como o Canabidiol Prati-Donaduzzi nas farmácias.

No entanto, o Mevatyl é o único considerado um remédio. Ele deve ser importado em um processo um pouco complicado, que envolve uma autorização especial da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e uma série de requisitos.

Entenda mais sobre o processo de importação aqui.  

Outros tipos de uso

Além da esclerose, médicos têm indicado o Nabiximol também para o tratamento complementar de câncer, dores crônicas, náuseas e até para tratar dependência química.

Um estudo mostrou que a concentração controlada do THC poderia servir de “substituto”, à vontade de consumir a maconha, por exemplo.

Para se ter uma ideia, o cigarro da planta tem 10 a 15 mg de THC. Já a concentração do Nabiximol não passa de 2,7 miligramas.

Os mais de 60 voluntários da pesquisa que não receberam o placebo, tiveram uma diminuição significativa em relação a dependência.

Embora o estudo precise de mais pesquisa, a resposta foi esperançosa. Mas isso é tema para outro artigo.

Tainara Cavalcante

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias