• 17 de abril de 2021

Lei que legaliza a maconha é aprovada pelo Congresso no México 

 Lei que legaliza a maconha é aprovada pelo Congresso no México 

Mesmo com um cenário de pandemia mundial, o universo canábico não para de evoluir e ganhar seu espaço no México. Essa semana o Congresso aprovou um projeto de lei que legaliza a maconha.

Na última quarta-feira (10/03),  o congresso do méxico aprovou um projeto de lei que poderá descriminalizar a cannabis para usos recreativos, medicinais e científicos. O que pode fazer do país um dos maiores mercados.

Apoiado pelo governo do presidente Andres Manuel Lopez Obrador, o projeto de lei marca uma grande mudança em um país atormentado há anos pela violência entre cartéis de drogas em disputa. 

Os legisladores aprovaram o projeto de forma geral com 316 votos a favor e 217 contra. Agora, a proposta  precisa ser revisada e também aprovada pelo Senado. 

Caso seja aprovada, a lei criará um enorme mercado, que as empresas estrangeiras estão ansiosas para explorar.

O projeto tem o poder de permitir cinco tipos de licenças para o cultivo, transformação, venda, pesquisa e exportação ou importação da maconha.

Somente pessoas com 18 anos ou mais velhas e com uma permissão, poderiam cultivar, carregar ou consumir a cannabis e derivados. 

“Hoje estamos fazendo história“, disse Simey Olvera, um legislador do partido governista Morena de Lopez Obrador, que usavam uma máscara com folhas de cannabis impressas nelas. 

“Com isso, a falsa crença de que a cannabis faz parte dos graves problemas de saúde do México será deixada para trás.” acrescentou o legislador.

Lopez Obrador, cujo partido governista Morena tem maioria em ambas as câmaras do Congresso, argumentou que a descriminalização da planta e de outros narcóticos poderia ajudar a combater os poderosos cartéis de drogas do México. 

No final de 2013, o Uruguai se tornou o primeiro país do mundo a legalizar a produção e a venda de maconha nos tempos modernos. Outros países na região, como Argentina, Chile, Colômbia e Peru, permitem seu uso médico.

Em 2018, o Canadá também legalizou a maconha, incluindo o uso recreativo, com vários grandes estados dos EUA também regulamentando seu uso legal.

Referências

  • Reuters
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias