• 7 de dezembro de 2021

Foto sobre suposta farmácia de maconha é verdadeira ou falsa?

 Foto sobre suposta farmácia de maconha é verdadeira ou falsa?

Circula pelas redes sociais a foto de uma suposta drogaria especializada em cannabis no século XIX e XX. Mas a foto é verdadeira? 

Nos últimos dias, tem circulado nas redes sociais uma foto aparentemente antiga, que mostra um estabelecimento com uma folha de maconha na fachada. Ela foi repercutida com afirmações de que o consumo era frequente no século XIX e XX nos Estados Unidos.

As publicações seguiram com informações de que a cannabis era uma das maiores colheitas da época, e que as supostas drogarias tinham mais de 20 tipos de medicamentos à base da planta. 

Verdadeira ou falsa? 

A imagem em si é falsa. Segundo um site americano de verificação chamado Snopes, a foto foi criada pelo designer Emmanuel Maflame, que publicou a arte em um site de divulgação de trabalhos em fevereiro de 2009.

A imagem, intitulada “Farmácia”, ainda acompanha a frase “Mesclas, cultura pop e memes”. De acordo com o artigo, ainda há um comentário que pergunta se é possível compartilhar  o link da foto original. Mas o designer ainda responde que não a encontrou mais. 

Em seu facebook, Emmanuel Maflame compartilhou o artigo publicado do site de verificação com a legenda: “Quando a sua arte cria confusão suficiente para que o Snopes tenha que esclarecer as coisas”.

Consumo da cannabis no período

Mas isso não quer dizer que a cannabis não tenha sido utilizada durante o século XIX e XX, na verdade, a cannabis é utilizada há milhares de anos. Segundo um estudo recente, há estimativas que mostram que a cannabis começou a ser domesticada há mais de 10 mil anos.

Nos Estados Unidos, ela só foi proibida de fato em 1937, quando a planta passou a ser ilegal a nível federal independente do uso. O cânhamo voltou a ser usado, mas foi proibido novamente na década de 1960, depois da Convenção Única sobre Entorpecentes da ONU. 

Por isso, apesar de não existirem evidências de dispensários, lojas exclusivas para venda de cannabis, a planta foi bastante utilizada tanto para a medicina quanto para a indústria de insumos. 

Segundo o professor da Universidade de Cincinnati e especialista em história das drogas ilícitas, Isaac Campos à agência de Notícias AFP, a cannabis esteve disponível nas farmácias dos EUA durante o século XIX e começo do século XX. 

O canabidiol foi descoberto há pouco tempo

Na postagem que viralizou a foto, ainda dizia que, “de 1850 a 1937, o óleo de cannabis rico em canabidiol foi usado como o principal medicamento para mais de 100 doenças primárias”.

O Canabidiol (CBD) é um dos principais componentes da cannabis utilizado na medicina e também nos estudos científicos. Ao contrário do tetrahidrocanabinol (THC), a substância não gera os efeitos alucinógenos da maconha. 

Contudo, a sua descoberta só aconteceu quase 40 anos depois, na década de 1960, quando o químico israelense Raphael Mechoulam isolou o CBD pela primeira vez. 

 

Tainara Cavalcante

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias