EUA lança centro de pesquisas específico de cannabis

EUA lança centro de pesquisas específico de cannabis

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Foto: Freepik

Traduzido do MjBizDaily

Pouco mais de um mês depois que o presidente Joe Biden assinou um novo projeto de lei de pesquisa sobre cannabis, os pesquisadores norte-americanos pretendem abrir um laboratório de pesquisa centrado no assunto em Chicago em algum momento de 2023.

De acordo com o portal Chicago Tribune, o Cannabis Research Institute será operado no centro da cidade por uma subsidiária da Universidade de Illinois e terá uma ampla missão, incluindo a defesa de políticas, cultivo de plantas e ciências médicas.

O Cannabis Research Institute será totalmente financiado com fundos públicos e rejeitará dinheiro de participantes e investidores da indústria de cannabis, informou o jornal.

Chicago foi selecionada para a instalação de pesquisa de cannabis financiada pelo estado porque algumas das maiores empresas de cannabis do país estão sediadas lá, disse o governador de Illinois, JB Pritzker.

Pesquisas à nível federal

A instalação de Chicago se une a outros esforços de pesquisa relacionados à cannabis em universidades de todo o país, incluindo a Cannabis Research Initiative na Universidade da Califórnia, e de Los Angeles.

Assim como o Centro de Pesquisa de Cannabis Medicinal da Universidade da Califórnia, de San Diego; e o Centro de Pesquisa de Cannabis e Cânhamo da Universidade da Califórnia,  e de Davis.

O Cannabis Research Institute pode ser lançado a tempo de contribuir com a ciência para a revisão de pesquisas sobre cannabis nos EUA, anunciado pelo presidente em outubro.

Leia também: Número de Australianos que utilizam a cannabis cresce consideravalmente

O presidente instruiu o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA e o Departamento de Justiça a revisar a ciência sobre a cannabis e determinar se o conhecimento atual é consistente com a classificação da maconha como uma droga da Lista 1 sob a Lei de Substâncias Controladas.

Se a cannabis fosse reclassificada para o Anexo 3 ou inferior, as empresas de cannabis desfrutariam de benefícios imediatos, incluindo acesso mais fácil a investimentos institucionais e serviços bancários , bem como deduções fiscais.

Conte com a gente 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde achar um médico prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas