• 16 de agosto de 2022

Estrela da NFL atribui à ayahuasca a melhor temporada da sua carreira: “Experiência mágica”

 Estrela da NFL atribui à ayahuasca a melhor temporada da sua carreira: “Experiência mágica”

Em um podcast, o quarterback Aaron Rodgers, estrela do Green Bay Packers, revelou que tomou ayahuasca antes de ganhar dois prêmios de MVP (prêmio de melhor jogador da temporada) consecutivos. 

O quarterback da NFL Aaron Rodgers revelou nesta semana que viajou dos EUA até a América do Sul para tomar ayahuasca antes de ser eleito o melhor jogador da liga por duas temporadas consecutivas. 

Ele disse que a potente mistura psicodélica mudou sua mentalidade e melhorou significativamente sua saúde mental.

Rodgers fez as revelações durante uma aparição no Aubrey Marcus Podcast.

Veja também: Mente Manifesta: curso discutirá efeitos médicos e sociais dos psicodélicos

O que é ayahuasca?

Ayahuasca é uma bebida psicoativa feita a partir da mistura do cipó Mariri (Banisteriopsis caapi) e das folhas de Chacrona (Psychotria viridis), tradicionalmente usada por grupos indígenas na bacia amazônica da América do Sul para rituais espirituais. O uso do chá também é feito em contexto urbano por grupos xamânicos e neo-xamânicos, por membros das religiões ayahuasqueiras, como o Santo Daime, entre outros formatos ritualísticos.

 

Ele contém o potente psicodélico DMT (dimetiltriptamina), conhecido também como “molécula do espírito”, que pode causar sensações vívidas intensas e as chamadas mirações.

O DMT é um psicodélico intrigante. A vivacidade visual e a profundidade de imersão produzida pela substância parecem estar um degrau acima do que é relatado com os psicodélicos mais estudados, como a psilocibina, por exemplo, substância contida nos famosos “cogumelos mágicos”.

Em pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa Psicodélica do Imperial College London, o doutor Robin Carhart-Harris afirma que é difícil explicar como é a experiência, que ele descreve como um “sonho acordado” ou uma sensação de “quase morte”. 

“Nossa sensação é que a pesquisa com DMT pode fornecer informações importantes sobre a relação entre a atividade cerebral e a consciência, e este pequeno estudo é um primeiro passo nesse caminho”, afirmou Robin ao The Hippocratic Post

Entenda mais: How to Change Your Mind vai mudar sua cabeça sobre psicodélicos

Experiência de Aaron Rodgers

O jogador comenta que jamais cogitou que tomar o psicodélico fosse interferir negativamente em sua performance no futebol americano, apenas auxiliar. 

“Para mim, não fiz isso e pensei: ‘Nunca mais vou jogar futebol’. Na verdade, minha intenção era sentir como é o amor puro. E eu senti, eu tive uma experiência mágica”, afirmou a estrela. 

Desempenho espetacular do quarterback 

Durante a entrevista no podcast com Marcos, Rodgers disse: “[A ayahuasca] me colocou no meu caminho para poder voltar ao meu trabalho e ter uma perspectiva diferente das coisas. Ser muito mais livre no trabalho, como líder, como companheiro de equipe, como amigo. Eu realmente sinto que essa experiência abriu o caminho para eu ter a melhor temporada da minha carreira.”

Ele acrescentou que o psicodélico o ajudou a reformular sua mentalidade, levando a melhorias na saúde mental que o ajudou a jogar duas das melhores temporadas de sua carreira, ganhando seu terceiro e quarto prêmios de MVP em 2020 e 2021.

Entenda também: Reino Unido faz testes experimentais com psicodélicos

Arthur Pomares

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por café, futebol e boa música. Axé.

Mais Notícias