• 19 de outubro de 2020

É necessario lavar as plantas cannabis antes da colheita?

 É necessario lavar as plantas cannabis antes da colheita?

Durante um teste, os pesquisadores descobriram que muitos preferem a cannabis que não foi lavada antes da colheita.

Os resultados de uma nova pesquisa divulgada em novembro de 2019, mostrou que a limpeza das plantas antes da colheita pode comprometer a qualidade da flor da cannabis.

Os pontos levantados pelo estudo parecem contradizer o que muitos já acreditam, que o descarte de algumas plantas e a lavagem, melhora a capacidade de queima das flores secas de cannabis.

O que é mais comum, apesar de não ser uma prática universal. Os cultivadores de cannabis param de fertilizar suas plantas uma há duas semanas antes da colheita, com a intenção de melhorar a qualidade do produto final.

”A limpeza é importante para remover o excesso de nutrientes que restam dentro da planta.” explicou o editor sênior de cultivo do High Times, Danny Danko. ”Por isso ajuda na queima da flor, sugando os excesso de sais e nutrientes.”

Mas, no estudo feito pela RX Green Technologies, fabricante de nutrientes e outros produtos para cultivo de cannabis, os pesquisadores determinaram que os participantes do teste tendiam a preferir a flor de cannabis que não foi lavada antes da colheita.

Como foi realizado o teste?

Para realizar o processo, os produtores da instalação de pesquisa e desenvolvimento da RX green cultivaram plantas de cannabis híbrida. Durante o crescimento, elas foram fertilizadas com a marca de nutrientes da empresa. Quatro grupos de 12 plantas cada, foram submetidas a diferentes tempos de lavagem conforme a colheita se aproximava. Cada grupo de plantas foi lavado por zero, sete, 10 ou 14 dias.

As amostras de flores colhidas no dia anterior à colheita foram analisadas em busca de nutrientes essenciais das cannabis. No geral, não havia nenhuma mudança no mineral das flores de cannabis.

Depois da colheita, a planta foi curada e testada, analisando o peso, os terpenos e concentrações de THC. A análise de laboratório não encontrou nenhuma diferença significativa entre os diferentes tratamentos da flor.

Amostras de flores de cannabis que foram lavadas várias vezes, também foram distribuídas para os especialistas do setor de cannabis para que pudessem classificar as características e o sabor do fumo.

Stephanie Wedryk, Ph.D diretora de pesquisa e desenvolvimento da RX Green Technologies, disse que ela não tinha certeza de qual seria o resultado do experimento.

”Eu não sei o que esperar disso” disse Wedryk a High Times. ”Eu tinha conversado com alguns produtores que conheço e todos eles tiveram experiência com a lavagem e a falta de lavagem das plantas, e todos eles só tiveram momentos negativas quando eles não lavaram. ”

O que dizem os resultados do teste?

No entanto, quando os dados dos testes foram analisados, os pesquisadores mostraram que os participantes realmente tendem a preferir o sabor de flores que não foram lavadas, apesar de no geral, a duração do período de cor não impactasse o sabor e a suavidade da flor. Nos resultados do estudo, a Rx Green Technologies escreveu que o estudo indica que ”não existem benefícios em lavar as flores de cannabis para melhorar o sabor ou a experiência do consumidor.”

Wedryk diz que, embora não pense que cultivadores devem revisar suas práticas baseadas em um teste. Ela acredita que os produtores devem estar abertos a tentar coisas novas.

”Eu definitivamente recomendaria aos produtores que brincassem e encontrassem o que funciona melhor para eles. Conversei com um deles no evento, onde ele conseguiu uma cannabis que não foi lavada e está super feliz com seu produto.” explicou Wedryk. ”Todo mundo tem seu próprio sistema de cultivo único e existem tantos componentes diferentes que crescem. O que funciona para um cultivador por causa do seu conjunto único de circunstâncias pode não funcionar para outro.”

Danko concorda. Considerando que os cultivadores que são cuidadosos ao usar fertilizantes, talvez seja preciso um pouco ou nenhum tempo de lavagem de suas plantas.

”Realmente, a lavagem é uma extensão do fato de que muitas das pessoas estão super alimentando suas plantas.” disse Danko, aconselhando os cultivadores a alimentarem elas levemente. Em muitos casos, em níveis mais baixo em que é recomendado pelos fabricantes de nutrientes.

”É sempre mais fácil aumentar os nutrientes quando se encontra uma deficiência do que remover os nutrientes quando a planta consome demais.” disse ele.

Apesar e Danko ainda recomendar que os cultivadores lavem suas plantas antes da colheita, ele apoia os esforços para entender as crenças comuns em um ambiente científico. 

Wedryk concorda, explicando que ”à medida que mais pesquisas são feitas sobre a cannabis, acho que devemos questionar algumas coisas que nós achamos que conhecemos e ver se elas ainda valem ou não.”

Wedryk disse que a RX Green planeja fazer mais pesquisas sobre novas práticas de cultivo e colheita, embora ainda não tenha fornecido detalhes específicos sobre o assunto.

Cultivo no Brasil

O cultivo é pouco praticado no Brasil por motivos óbvios: a proibição da cannabis, com o risco de ser preso simplesmente por cultivar uma planta. A pena para flagrante, pode levar de até 15 anos de prisão.

Para uso medicinal, somente mediante a autorização judicial e a importação só pode ser feita com a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). O cultivo deve ser feito com autorização da justiça estadual, seguindo uma série de requisitos.

Referências:

  • High Times

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias