• 25 de junho de 2022

Com prescrição legalizada, Búzios trata mais de 400 crianças com cannabis

 Com prescrição legalizada, Búzios trata mais de 400 crianças com cannabis

Búzios, old fishing village, is located about 180km from Rio de Janeiro

Seis meses após a liberar a prescrição para tratamentos com cannabis medicinal na região, a cidade de Búzios já vem colhendo os seus frutos. 

 

A legalização da cannabis medicinal ainda caminha a passos lentos no Brasil. Porém, nos poucos lugares em que ela tem algum tipo de regulamentação, os resultados positivos já começam a aparecer. 

Búzios, localizado no litoral do Rio de Janeiro, é a prova disso. Segundo um levantamento da prefeitura local, mais de 400 crianças estão sendo tratadas com a planta na cidade. 

Os números se dão, principalmente, pela acessibilidade fornecida pelo governo do município. Atualmente, os pacientes podem conseguir os medicamentos através de associações canábicas, como a APEPI e a ABRARIO

Além disso, a ideia de distribuir os compostos na rede pública de saúde de forma gratuita, já foi iniciada. 

Diversos tratamentos 

Os óleos canábicos estão sendo utilizados para tratar de várias doenças e distúrbios, as principais delas, o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e a Epilepsia Refratária (EF).  

O impacto da cannabis no tratamento dessas complicações é nítido. De acordo com informações da prefeitura de Búzios, cerca de 360 crianças autistas são atendidas na cidade, enquanto 82 com epilepsia também são assistidas. 

“As crianças e adolescentes tratadas, a maioria fazendo uso de psicotrópicos e grande parte com uma quantidade significativa de medicamentos, hoje apresentam uma forte evolução do quadro clínico e grandes avanços na qualidade de vida” ressalta Leônidas Heringer, secretário de saúde local, em um comunicado oficial. 

Pessoas com outras patologias, como Parkinson, Alzheimer e Dores Crônicas, também estão na pauta do projeto da cidade, e devem ser mais atendidas a partir da disponibilização das medicações gratuitas na rede pública. 

Liberação

No dia 23 de novembro de 2021, a Câmara Municipal de Búzios aprovou por unanimidade um projeto de lei para permitir a disponibilização de medicamentos à base de cannabis na cidade. 

A proposta feita pelo vereador Aurélio Barros (Patriotas), garantiu que pacientes com condições tratáveis possam pegar o óleo canábico de forma gratuita no local, sempre através de uma prescrição médica. 

E no resto do Rio de Janeiro? 

O cenário é distinto em boa parte das cidades do estado. Enquanto algumas acompanham a evolução de Búzios no tema, outras seguem em estágio inicial. 

Recentemente, a Câmara Municipal de Niterói vetou a disponibilização de produtos canábicos pela rede pública da cidade

Em Cabo Frio, o projeto apresentado pelo vereador Felipe Monteiro (PDT), ainda está em análise. O objetivo também é a distribuição de cannabis medicinal no município. 

A situação mais animadora é a de Macaé, que aprovou o uso medicinal da planta no último mês de março. A proposta, agora, segue para sanção do prefeito Welberth Resende.

Gustavo Lentini

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por futebol e pela comunicação.

Mais Notícias