• 25 de setembro de 2021

Associação faz campanha para ajudar mais de 500 pacientes 

 Associação faz campanha para ajudar mais de 500 pacientes 

A arrecadação será direcionada tanto para a fabricação do óleo, quanto para o processo judicial de habeas corpus coletivo. 

A Associação AbraRio iniciou uma campanha de financiamento coletivo para custear o tratamento de mais de 500 pacientes que precisam do óleo feito com a cannabis.   

A meta é alcançar 55 mil reais, que serão destinados tanto para a fabricação do óleo que para quem precisa, quanto para o financiamento do processo judicial para a obtenção do habeas corpus coletivo, que dá o direito de cultivar de forma legal. 

Até agora, apenas a Associação Cultive obteve o direito. Ele permitiu que todo o grupo de associados pudesse plantar cannabis sem violar a lei. Fora ela, apenas a entidade Abrace Esperança também possui um aval jurídico para o cultivo.

Associação recente

A AbraRio foi criada no ano passado pela Marilene Oliveira, mãe do Lucas. Ele possui uma condição rara, chamada Síndrome de Rasmussen. Também chamada de encefalite focal crônica, ela consiste em uma alteração neurológica que gera ataques epilépticos severos.

A síndrome não tem cura. O que resta são anticonvulsivantes, corticoides e em alguns casos necessitando até de cirurgias. Contudo, são poucos os casos ao redor do mundo, por isso não há um tratamento claro. 

Depois que a criança começou a utilizar o óleo feito à base da planta, tudo mudou. As crises diminuíram e a qualidade de vida aumentou. 

A história do Lucas se espalhou e serviu até de inspiração para a criação de um projeto de lei para a distribuição de produtos à base de cannabis em Niterói, no Rio de Janeiro.

Contribuição

Apesar de fundada no ano passado, a  AbraRio começou a funcionar em março deste ano, e já nos primeiros três meses, o número de associados era quase 60. 

Agora, a entidade pretende ajudar mais de 500 pessoas a obterem o produto derivado da planta. 

Intitulada #EuAcreditoNaAbrario, as doações para a campanha podem ser feitas através da vaquinha online

 

Tainara Cavalcante

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias