• 24 de junho de 2022

Argentina vai autorizar a venda de cannabis medicinal nas farmácias e também o cultivo individual

 Argentina vai autorizar a venda de cannabis medicinal nas farmácias e também o cultivo individual

O projeto apresentado pelo Ministério da Saúde do país inclui ainda, o fornecimento gratuito para alguns pacientes

O uso medicinal da cannabis já havia sido aprovada em 2017 na Argentina, mas com algumas restrições.  

No entanto, na última quarta-feira (15072020) o Ministro da Saúde, Ginés González García, participou uma reunião virtual onde apresentou as mudanças.

Como no Brasil, os pacientes só podiam comprar o produto importado.

A medida não se restringe a medicamentos, ela também inclui alguns tópicos, como cremes e óleos.

A Argentina é um dos principais atores da cannabis medicinal da América Latina. E agora, todos os usuários, produtores e pacientes que tiverem o cadastro do programa Nacional de Cannabis (REPROCANN), irão poder cultivar, no entanto, a quantidade de mudas ainda não foi definido.

Quem não tiver o cadastro, pode obter o medicamento na farmácia com uma receita, que vai abranger muitas outras doenças. 

De acordo com a lei atual, remédios à base de cannabis só podem ser usados para tratar epilepsia de difícil controle em crianças.

Economia

A medida não será visada apenas para pequenos produtores e pacientes, mas também para grandes produções, a fim de movimentar o mercado. 

As universidades também estão priorizando estudos na área para ajudar na produção. Elas também ficarão encarregadas pela qualidade dos produtos.

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias