• 31 de julho de 2021

Aprovação da cannabis medicinal pelos brasileiros continua alta

 Aprovação da cannabis medicinal pelos brasileiros continua alta

Foto: Depositphotos

Desde 2016, mais de 60% da população já aprovava o uso da cannabis como tratamento.

Nos últimos dias, a pesquisa “Cannabis é Saúde”, realizada pelo Civi-Co,  mostrou que 70% dos brasileiros defendem o uso medicinal da cannabis. 

A pesquisa mostrou também que 48% dos cidadãos estão abertos ao uso do óleo extraído da planta, caso necessário. Contudo, 29% declararam que a probabilidade de utilizar o produto, é bem baixa.

A pesquisa, que foi feita com mil pessoas de todas as regiões do país, também revelam que 76% das pessoas já sabiam que a cannabis pode ser terapêutica. No entanto, 59% desconheciam quais as patologias que a planta pode ser útil e apenas 14% tinham conhecimento de que médicos podem prescrever.

Foto: Depositphotos

Ainda segundo o levantamento, embora 19% dos entrevistados declararam que já consideraram a utilização, o número de adesão ainda é bem baixo. Apenas 3% tinham recebido indicação de uso, e somente 10% conheciam alguém que utilizava em algum tratamento. 

Segundo o perfil de pessoas que disseram conhecer os benefícios da planta, a maioria citou o seu uso para a epilepsia, câncer e o alívio das dores. Já o grupo que já considerou o tratamento como opção, mencionou ansiedade, insônia e também dores. 

Aprovação que continua alta

A pesquisa reflete o que já vem sido mostrado há um tempo. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa DataSenado em junho de 2019, três em cada quatro brasileiros têm uma visão positiva sobre a industrialização de medicamentos à base de cannabis.

O levantamento, que havia sido feito com 2.400 pessoas, mostrou que quase 90% dos brasileiros reconhecem a cannabis como remédio, principalmente para câncer e epilepsia. 

A pesquisa já havia mostrado que as pessoas estão cada vez mais conscientes das propriedades medicinais da planta, visto que a porcentagem da aprovação em 2016 era 60%.

Outro dado interessante do levantamento de 2019 é a aprovação dos brasileiros sobre o fornecimento do medicamento no Sistema Único de Saúde (SUS), já era alto. 79% eram a favor, contra 16% que discordam e 5% que não souberam responder.

Avatar

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias