• 25 de junho de 2022

Tailândia autoriza uso da droga kratom 

 Tailândia autoriza uso da droga kratom 

Mitragynina speciosa or Kratom leaves with powder product in white ceramic bowl and wooden table background, top view

Com o passar dos anos muitos países têm se tornado mais flexíveis no que diz respeito a descriminalização de certas substâncias. Dessa vez a novidade parte da Tailândia.

Nesta terça-feira (24/08), a Tailândia descriminalizou a posse e venda de mitragyna speciosa (kratom), uma planta nativa do sudeste da Ásia que contém folhas que são usadas como um estimulante suave e analgésico, muito famosa nos Estados Unidos por suas qualidades analgésicas.

Somsak Thepsuthin, ministro da Justiça, disse que milhares de processos judiciais por posse ou venda de kratom estão sendo arquivados e cerca de 121 presos condenados em tais casos serão soltos imediatamente. 

Antes, possuir kratom podia causar uma punição com até dois anos de prisão e uma multa de até 200.000 baht (moeda da Tailândia), equivalente a  6.077 dólares para quantidades de 10 quilos (22 libras) ou mais.

A descriminalização do kratom, que envolveu a retirada da droga da lista oficial de narcóticos controlados, é a última medida do país para liberalizar suas leis sobre drogas. 

De acordo com Phil Robertson, da ONG Human Rights Watch ‘’Na Tailândia, a substância era ilegal desde 1943. A legalização porá fim à criminalização abusiva desta droga usada durante muito tempo nas comunidades rurais tradicionais do país”

‘’Esta é uma boa notícia para os agricultores’’, disse Soontorn Rakrong, um especialista que assessorou as autoridades locais neste assunto

Últimas medidas referente a cannabis medicinal e outras substâncias nos pais

Nos últimos 2 anos, o país permitiu o uso regulamentado de maconha medicinal, bem como a compra e cultivo licenciados de cannabis e permitiu que as famílias cultivassem até seis plantas.

Contudo, penalidades severas permanecem para drogas pesadas como heroína e metanfetamina.

Facilitar a pressão sobre o sistema judiciário da Tailândia e suas prisões superlotadas tem sido um grande ímpeto para a nova política de drogas.

Na Tailândia, as folhas de kratom normalmente são mastigadas para dar ao usuário um leve aumento de energia, embora também possa ser fumada. 

Mas às vezes é misturado com outras drogas para fazer um chá narcótico, ou coquetel, uma forma na qual continua ilegal.

As leis antidrogas continuam sendo, no entanto, muito rígidas na Tailândia. A posse, ou a venda, de algumas gramas de metanfetamina, por exemplo, pode levar a uma pena de vários anos de prisão. 

As instalações penitenciárias do país estão entre aquelas com mais excesso de lotação do mundo. A maioria foi detida por casos de drogas.

Referências

  • Mondaq
  • Finance

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias