Tailândia autoriza uso da droga kratom  - Cannalize
Tailândia autoriza uso da droga kratom 

Tailândia autoriza uso da droga kratom 

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Com o passar dos anos muitos países têm se tornado mais flexíveis no que diz respeito a descriminalização de certas substâncias. Dessa vez a novidade parte da Tailândia.

Nesta terça-feira (24/08), a Tailândia descriminalizou a posse e venda de mitragyna speciosa (kratom), uma planta nativa do sudeste da Ásia que contém folhas que são usadas como um estimulante suave e analgésico, muito famosa nos Estados Unidos por suas qualidades analgésicas.

Somsak Thepsuthin, ministro da Justiça, disse que milhares de processos judiciais por posse ou venda de kratom estão sendo arquivados e cerca de 121 presos condenados em tais casos serão soltos imediatamente. 

Antes, possuir kratom podia causar uma punição com até dois anos de prisão e uma multa de até 200.000 baht (moeda da Tailândia), equivalente a  6.077 dólares para quantidades de 10 quilos (22 libras) ou mais.

A descriminalização do kratom, que envolveu a retirada da droga da lista oficial de narcóticos controlados, é a última medida do país para liberalizar suas leis sobre drogas. 

De acordo com Phil Robertson, da ONG Human Rights Watch ‘’Na Tailândia, a substância era ilegal desde 1943. A legalização porá fim à criminalização abusiva desta droga usada durante muito tempo nas comunidades rurais tradicionais do país”

‘’Esta é uma boa notícia para os agricultores’’, disse Soontorn Rakrong, um especialista que assessorou as autoridades locais neste assunto

Últimas medidas referente a cannabis medicinal e outras substâncias nos pais

Nos últimos 2 anos, o país permitiu o uso regulamentado de maconha medicinal, bem como a compra e cultivo licenciados de cannabis e permitiu que as famílias cultivassem até seis plantas.

Contudo, penalidades severas permanecem para drogas pesadas como heroína e metanfetamina.

Facilitar a pressão sobre o sistema judiciário da Tailândia e suas prisões superlotadas tem sido um grande ímpeto para a nova política de drogas.

Na Tailândia, as folhas de kratom normalmente são mastigadas para dar ao usuário um leve aumento de energia, embora também possa ser fumada. 

Mas às vezes é misturado com outras drogas para fazer um chá narcótico, ou coquetel, uma forma na qual continua ilegal.

As leis antidrogas continuam sendo, no entanto, muito rígidas na Tailândia. A posse, ou a venda, de algumas gramas de metanfetamina, por exemplo, pode levar a uma pena de vários anos de prisão. 

As instalações penitenciárias do país estão entre aquelas com mais excesso de lotação do mundo. A maioria foi detida por casos de drogas.

Referências

  • Mondaq
  • Finance

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas