São Paulo: Projetos de cannabis selecionados receberão R$734 mil

São Paulo: Projetos de cannabis selecionados receberão R$734 mil

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Os cinco projetos selecionados serão anunciados hoje em uma sessão que será realizada na comunidade de Paraisópolis

Projetos de cannabis selecionados receberão R$734 mil Foto: Fernando Stankuns/Flickr

Em sessão itinerante, a comunidade de Paraisópolis será palco da última reunião do ano da Frente Parlamentar da Cannabis e do Cânhamo Industrial da Alesp, que acontecerá nesta quarta-feira (6). À partir das 10h, serão anunciados os projetos aprovados pelo Conselho Deliberativo, que receberão um incentivo de R$734 mil.

O evento será realizado na sede do Legado Talks, um espaço criado para discutir saúde, empreendedorismo, empoderamento feminino e educação canábica na comunidade de Paraisópolis, considerada a segunda maior favela de São Paulo, com mais de 100 mil habitantes.

Serão anunciados os cinco projetos selecionados pelo Conselho Deliberativo no edital de emendas parlamentares da Frente que ampliou dos R$ 500 mil inicialmente divulgados para financiamento de projetos e pesquisas ligados à temática da cannabis e do cânhamo para R$734 mil, uma iniciativa dos deputados estaduais Caio França (PSB) e Eduardo Suplicy (PT), coordenador e vice-coordenador respectivamente. Os recursos financeiros são oriundos de emendas individuais de ambos. França fará um aporte de R$434.456,00 e Suplicy de R$299.600,00.

Incentivo a pesquisas e soluções canábicas

O edital de chamamento público contou com a inscrição de 37 projetos com destaque para a participação de universidades públicas como Unicamp, Unesp, Unifesp, além de fundações e institutos vinculados a hospitais renomados como o Sírio Libanês e Albert Einstein, e diversas associações.

A iniciativa visa o incentivo à ciência, à pesquisa, à saúde, à tecnologia, à educação e à comunicação e o fomento aos novos desafios que se apresentam após a sanção da Lei Estadual 17.618/23, de autoria de França, que inclui a cannabis medicinal no SUS (Sistema Único de Saúde) no estado de São Paulo.

Durante a sessão também será realizado um balanço das atividades realizadas pela Frente Parlamentar no decorrer deste ano, que conta com o apoio do IPSEC (Instituto de Pesquisas Sociais e Econômicas da Cannabis) como agente técnico.

Conte com a gente 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde achar um prescritor até o processo de importação do produto.

Só na Cannalize você poderá fazer uma triagem gratuitamente através da nossa parceira Cannect Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas