• 28 de junho de 2022

Profissionais do universo canábico tiveram contas bloqueadas nas redes sociais

 Profissionais do universo canábico tiveram contas bloqueadas nas redes sociais

As plataformas não deram um motivo concreto para o bloqueio, mas todos os envolvidos estavam engajados na luta pelo acesso à cannabis.

Na ultima semana, praticamente todas as plataformas, Facebook, Instagram, twitter, youtube e até o Whatsapp bloquearam a conta de diversos profissionais que trabalham no ramo canábico sem dar nenhuma justificativa.

A médica ortomolecular Janaína Barboza, por exemplo, teve o número de celular banido do Whatsapp. Ela é conhecida por receitar cannabis e também é ativa na luta pelo acesso medicinal à planta.

A médica dá aulas sobre Sistema Endocanabinóide tanto para profissionais da área de saúde e também qualquer um que deseje aprender, a fim de expandir a informação sobre a cannabis.

Por meio de uma publicação no Instagram, ela contou o que aconteceu e pediu para os familiares e amigos excluírem o seu contato.

 

 

Outra profissional que foi “barrada” nas redes, foi a psiquiatra Ana Hounie, que ficou conhecida por prescrever cannabis para um distúrbio neuropsiquiátrico chamado Síndrome de Tourette, que causa “tiques” como uma espécie de espasmos musculares.

Ela tem um canal no youtube onde publica seminários, vídeos de pacientes e também dá aulas sobre a planta. No entanto, na última segunda-feira (1 de setembro), a psiquiatra teve a conta bloqueada.

Segundo ela disse à Folha de S. Paulo, o motivo do bloqueio foi “violação de políticas severas”, mas não acrescentaram mais nada. A médica também perdeu o acesso ao seu material que estava na plataforma e também foi impedida de criar outro canal.

O jornalista Marcus Bruno, que escreve para o Cannabis & Saúde, também não ficou de fora. A sua conta do twitter foi suspensa há três semanas sem uma justificativa.

“Eu estava twittando algumas respostas ao Osmar Terra e de repente minha conta foi bloqueada, já mandei vários recursos pra eles e até agora nada. A minha conta tinha 5600 seguidores e agora aparece com 0” disse ao Cannalize.

Nenhuma resposta concreta das plataformas foi dada até agora.

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias