• 25 de junho de 2022

Com plantações de cânhamo, Paraguai pode se tornar um país neutro em emissões de CO2

 Com plantações de cânhamo, Paraguai pode se tornar um país neutro em emissões de CO2

Foto: VoteHemp.org

Empresas que cultivam a planta têm crescido no país, o que também resultou em benefícios ao meio ambiente. Sobretudo, no efeito estufa.

Recentemente, a empresa Hemp Hub Paraguay lançou um novo projeto de plantio de cânhamo industrial no país, o que pode tornar o Paraguai uma nação de carbono neutro. 

Trata-se de uma subespécie de cannabis sativa com pouco teor de Tetrahidrocanabinol (THC), substância que causa o famoso “barato” da maconha. 

O cânhamo é bastante usado tanto na indústria farmacêutica, por causa da quantidade alta de Canabidiol (CBD), quanto na indústria de insumos, pois suas fibras podem ser úteis na confecção de tecidos, cordas e até plástico.

Foto: VoteHemp.org

Como assim carbono neutro?

Nos últimos anos, a ciência percebeu que o cânhamo é um importante conservador de dióxido de carbono (CO2). Mais ainda que florestas inteiras. 

Isso quer dizer que o cânhamo pode ajudar o meio ambiente, pois o carbono é um dos principais gases do efeito estufa.

Segundo Darshil Shah, pesquisador sênior do Centro de Inovação de Material Natural na escola de Cambridge, Inglaterra, plantações de cânhamo podem absorver até 15 toneladas de carbono por hectare, o dobro das florestas.

Acordo de emissão de CO2

O que pode ser importante também para a indústria. Em 2019, através de um tratado, 66 países se comprometeram a zerar as emissões de carbono até 2050.

Atualmente, o conglomerado de empresas no Uruguai, já possuem um certificado internacional, que valida o cultivo de cânhamo como carbono positivo.

O Projeto da Hemp Hub Paraguay, é tornar o país uma nação neutra de carbono até 2025. Isso quer dizer que a quantidade de emissão de CO2 não será maior e nem menor do que ela é capaz de absorver.

Um dos principais mercados

Depois da regulação, o país tem se tornado um dos principais exportadores de cânhamo do mundo. Só no ano passado, o país exportou aproximadamente 20 toneladas de cânhamo.

O que consequentemente também gera impostos e empregos.

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias