• 17 de agosto de 2022

Nova York proíbe o fumo em praias e parques do estado

 Nova York proíbe o fumo em praias e parques do estado

masculine hand holding a joint with a bag of weed on venice beach

O projeto de lei foi assinado no mês passado e deve entrar rapidamente em vigor. A medida é contraditória com o momento vivido no local.

 

Na última segunda-feira (1), o governo de Nova York anunciou a aprovação de uma proposta que proíbe o fumo em vários ambientes públicos do estado. 

O projeto visa impedir as pessoas de fumar em todas as praias estatais, calçadões, marinas, playgrounds, centros de recreação e acampamentos coletivos.

“Fumar é um hábito perigoso que afeta não apenas o fumante, mas todos ao seu redor, incluindo famílias e crianças que aproveitam os ótimos locais públicos do nosso estado” ressalta Kathy Hochul, governadora de Nova York, em comunicado oficial. 

A nova legislação se aplica a qualquer tipo de substância, inclusive o tabaco e a maconha. 

Veja também: Nova York será a nova Amsterdam? Projeções são astronômicas!

Punição 

Quem for pego fumando nessas áreas pode sofrer uma punição em forma de multa, no valor de US$50. 

Segundo Hochul, a medida tem como objetivo reduzir o número de usuários e diminuir o lixo despejado nos ambientes de lazer do estado. 

“Muitos municípios e governos já têm restrições ou proibições de fumar em espaços públicos. Essa penalidade adicional imporá uma proibição estadual e inclui uma multa que será cobrada pelas localidades”, explicou para a imprensa. 

Locais liberados

Apesar de ser severa, a legislação não limita totalmente o fumo em áreas públicas de Nova York. 

De acordo com o gabinete do governo, a proposta isenta da proibição montanhas, estacionamentos e calçadas adjacentes aos parques. 

Contradição

A aprovação da lei contradiz o momento vivido pela cannabis nos Estados Unidos, principalmente, na região de Nova York. 

A legalização da maconha é cada vez mais aceita no país, que já avalia um projeto de liberação da erva a nível nacional. 

Nova York faz parte do seleto grupo de estados que liberaram a planta para o uso recreativo. A medida foi aprovada em abril do ano passado, após sanção do ex-governador Andrew Cuomo. 

A nova legislação soa como um “passo atrás” do local em relação ao tema, após diversas normas positivas para o setor.


O uso medicinal da cannabis é capaz de tratar diversas condições, o que pode mudar vidas. Caso queira tirar dúvidas sobre esse assunto ou começar um tratamento, clique aqui.

Gustavo Lentini

Jornalista e produtor de conteúdo da Cannalize. Apaixonado por futebol e pela comunicação.

Mais Notícias