• 18 de abril de 2021

Califórnia inclui funcionários de cannabis na primeira fase do lançamento da vacina de COVID-19

 Califórnia inclui funcionários de cannabis na primeira fase do lançamento da vacina de COVID-19

Na Califórnia, os funcionários de empresas de cannabis podem comemorar pela nova notícia, onde vão receber a vacina da covid-19 de forma rápida e eficaz.

Na semana passada, o Departamento de Saúde Pública da Califórnia atualizou suas diretrizes para a vacina COVID-19.

Diretrizes essas em que aqueles que trabalham na indústria de cannabis medicinal do país agora são elegíveis para a vacina do coronavírus.

Esses trabalhadores estão incluídos na Fase 1A, que é o nível de prioridade mais alta para a vacinação contra o coronavírus.

Isso entra como um “esclarecimento” que a agência disse ser necessário, devido às definições sobrepostas de Saúde Pública e Saúde Pública e Alimentos e Agricultura.

De acordo com o departamento, a elegibilidade para a Fase 1A inclui pessoas em risco de exposição direta ao paciente em ambientes incluídos na lista de força de trabalho essencial da Califórnia. 

Dentro dessa lista então funções clínicas e não clínicas, em conjunto com trabalhadores que entram em contato direto com o vírus por meio de pesquisa, desenvolvimento, fabricação ou teste e trabalhadores que estão fabricando vacina , terapêuticas, dispositivos, suprimentos ou equipamentos de proteção individual que apoiam a resposta COVID-19. 

Na quinta-feira passada, o departamento disse que os funcionários da indústria da cannabis agora estão incluídos em 1A, enquanto aqueles envolvidos em alimentos e agricultura para cultivo, produção, armazenamento, transporte e distribuição estão incluídos na Fase 1B (pessoas com 65 anos ou mais, aqueles que trabalham na educação e creche, serviços de emergência e alimentação e agricultura).

Vacinas contra a COVID-19 na Califórnia

Um relatório publicado na semana passada diz que, “devido em parte à escassez e atrasos, o estado mudou sua estrutura de priorização de vacinas pelo menos três vezes em pouco mais de um mês, com mudanças que passaram despercebidas”

De acordo com o Jornal Sacramento Bee, “A idade de uma pessoa é agora o fator chave para decidir quem toma a vacina antes dos outros, enquanto os moradores de rua e encarcerados não são mais priorizados”, disse o jornal.

“Nem uma lista de outros trabalhadores essenciais, incluindo trabalhadores de trânsito, trabalhadores de fábrica, armazém e zeladores.” acrescentou. 

A maior questão tem sido a falta de fornecimento de vacinas, algo que o governador da Califórnia, Gavin Newsom, reconheceu na segunda-feira.

“Precisamos ver isso aumentando imediatamente”, disse Newsom durante uma coletiva de imprensa em San Diego, conforme citado pela Associated Press. 

“Vamos precisar de mais doses chegando ao estado da Califórnia, a fim de manter esses sites em massa operacionais e para manter as coisas em movimento”. Acrescentou o governador.

Na terça-feira, Newsom esteve na área da baía para revelar o que deve ser o maior local de vacinação do estado no Levi’s Stadium, casa do San Francisco.

Referências 

  • High Times
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias