• 27 de junho de 2022

Atleta pode perder seu lugar nas olimpíadas de Tóquio após testar positivo para maconha

 Atleta pode perder seu lugar nas olimpíadas de Tóquio após testar positivo para maconha

Sha’Carri Richardson waves after winning the women’s 100-meter run at the U.S. Olympic Track and Field Trials Saturday, June 19, 2021, in Eugene, Ore. (AP Photo/Ashley Landis)

No mês passado, testes para maconha começaram a ser feitos em atletas dos Estados Unidos no estado de Oregon. Entre esses atletas estava uma corredora que infelizmente não passou e pode ficar fora das olimpíadas de Tóquio.

Sha Carri Richardson, corredora da equipe norte-americana dos 100 metros rasos, testou positivo para maconha durante testes feitos nas últimas semanas. 

Esse resultado pode comprometer a atleta, fazendo com que ela fique de fora das olimpíadas de Tóquio, que se inicia em 23 de julho.

De acordo com os boatos levantados na semana do teste, Richardson tem falhado nos testes de drogas durante os exames para as olimpíadas.

Se o resultado deste teste for confirmado, a corredora de 21 anos certamente será suspensa do time dos Estados Unidos, o que significa que ela não irá competir entre as mulheres dos 100 metros rasos nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021.

O teste a morte de sua mãe

O teste aconteceu nas seletivas olímpicas dos Estados Unidos no mês passado, onde Richardson se estabeleceu como candidata à medalha de ouro ao vencer os 100 metros em 10.86 segundos.

Pouco depois da qualificação, Richardson revelou que sua mãe havia morrido na semana anterior. 

Richardson ainda não comentou sobre o resultado do teste, mas tweetou: ‘’Eu sou humana’’ , o que parecia se referir ao escândalo.

De acordo com o portal de notícias Reuters, ela aparecerá no Today Show da NBC nesta sexta-feira (02).

Seu desempenho na qualificação para as Olimpíadas em Eugene, Oregon, no mês passado, foi desqualificado provisoriamente.

Um teste positivo durante os exames significaria que todos os resultados da atleta no encontro seriam anulados, impedindo sua vitória na final dos 100m. 

Ainda não está claro se Richardson apelará do resultado do teste e da desqualificação.

Referências

  • Dailymail

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias