• 25 de junho de 2022

Úlcera gástrica: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

 Úlcera gástrica: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Se você já sentiu ou sente fortes dores abdominais com muita frequência ou conhece alguém que sofre com isso. Talvez possa ser um dos sintomas de úlcera gástrica. 

Mas afinal o que é uma úlcera gástrica, também conhecida como úlcera péptica ou úlcera no estômago?

Basicamente, são feridas abertas que se desenvolvem no revestimento interno do esôfago, estômago e no duodeno, causada por diversos fatores, como má alimentação ou infecção por bactéria.

Essa  úlcera pode levar ao aparecimento de alguns sintomas desagradáveis, apesar de também não apresentar sintomas por muito tempo. 

Geralmente, descobrir uma úlcera não é uma situação muito grave, desde que seja tratada com medicamentos antiácidos, que evitam que o suco gástrico do estômago aumente o tamanho da ferida.

Tipos de Úlcera 

Existem três tipos de úlceras: 

  • Úlceras gástricas: são as que ocorrem dentro do estômago;
  • Úlceras esofágicas: são as que ocorrem dentro do esôfago;
  • Úlceras duodenais: são as que ocorrem na parte superior do intestino delgado.

Mas quais as causas da úlcera?

Geralmente, os revestimentos do estômago e do intestino delgado são protegidos contra os ácidos irritantes que são produzidos dentro do estômago. 

Se esse revestimento protetor parar de funcionar corretamente, isso leva a inflamação (gastrite) ou uma úlcera. A maioria delas ocorre na primeira camada do revestimento interno.

A causa mais comum dessa lesão é a infecção do estômago pela bactéria chamada Helicobacter pylori (H.pylori). 

Grande parte das pessoas com úlceras pépticas tem essa bactéria vivendo em seus tratos gastrointestinais. 

Mas não é porque alguém as tem presente em seu organismo que elas vão, necessariamente, desenvolver úlceras. 

Além desses, existem outros fatores que podem levar ao desenvolvimento da lesão, aos quais incluem:

  • Fator genético;
  • Uso de medicamentos que afetam as defesas da parede do estômago;
  • Consumo de bebidas alcoólicas e uso de cigarro;
  • Estresse excessivo.

Sintomas de úlcera

Os seus sintomas na maioria pioram após a alimentação, até mesmo em casos em que a pessoa faz uso de medicamentos que controlam a digestão. Os principais sintomas de úlcera gástrica são:

  • Dor abdominal forte, como pontadas, que piora ao comer ou ao beber;
  • Dor em forma de queimação na “boca do estômago”;
  • Enjoo;
  • Vômito;
  • Distensão abdominal;
  • Sangramentos na parede do estômago, o que pode causar saída de sangue nas fezes, visível ou identificado no exame de pesquisa de sangue nas fezes.

É importante lembrar que, além da úlcera gástrica, pode-se formar uma úlcera duodenal, localizada na primeira porção do intestino, que costuma causar sintomas nos períodos em jejum ou durante a noite. 

Tratamento de úlcera

Para um tratamento eficaz para úlcera gástrica é feito o uso de remédios que diminuem a acidez do estômago, como antiácidos ou inibidores da acidez.

Os médicos podem recomendar também o uso de analgésicos para controlar as dores, caso haja necessidade.

Se o paciente tiver uma úlcera péptica causada por uma infecção por H. pylori, o tratamento padrão usa diferentes combinações de alguns medicamentos, principalmente antibióticos.

Além da medicação, é importante também que o paciente tenha cuidado com a alimentação, dando preferência a frutas, legumes e verduras cozidos, grãos, laticínios light, pão, e carnes magras.Evitando assim alimentos muito quentes, bebidas alcoólicas, refrigerantes, sanduíches, fast food, frituras e doces em geral.

O consumo de cigarro e o consumo de alimentos que promovem a liberação do ácido gástrico, como café, chá preto, mate, condimentos, molhos picantes e frutas ácidas como caju, laranja, limão e abacaxi devem ser evitados.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias