• 25 de setembro de 2021

Qual a ligação entre o uso da cannabis e a preguiça? 

 Qual a ligação entre o uso da cannabis e a preguiça? 

Será mesmo que esse estereótipo de consumidor de cannabis preguiçoso, improdutivo e desmotivado é verdadeiro? O que será que as pesquisas dizem? 

Basicamente, o corpo e a mente de uma pessoa serão responsáveis por ditar como ela responde a uma substância, seja ela um simples café ou a cannabis. 

Referente a cannabis, existem evidências que desmentem e confirmam o clichê de que a cannabis faz com que você seja uma pessoa preguiçosa.

De acordo com um novo estudo, a verdade é outra. A erva daninha não o torna preguiçoso.

O estudo diz que a erva pode aumentar a produtividade de muitos trabalhadores norte-americanos.

Conclui-se que as pessoas que vivem em estados que têm programas de cannabis medicinal trabalham mais horas e são mais produtivas durante essas horas. 

Mas afinal, como foi feito esse estudo?

O estudo responsável por essas informações foi coautor de pesquisadores da Temple University e também da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health.

Os pesquisadores examinaram as respostas de mais de 100 mil pessoas com 51 anos ou mais.

Considerando o estereótipo de cannabis que a cannabis gera preguiça, muitos esperavam que, à medida que novos estados aprovassem as leis de cannabis medicinal, as populações se tornassem menos produtivas.

Na realidade, os pesquisadores descobriram um aumento de 5% no emprego em tempo integral entre as mais de 100.000 pessoas pesquisadas.

O que foi ainda mais revelador é que aqueles que consumiram cannabis para dores crônicas , glaucoma ou câncer tiveram um aumento de 7,3% no emprego em tempo integral.

Por que a Cannabis está tornando os americanos mais produtivos?

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que a cannabis melhora a saúde do trabalhador. 

Os dados mostraram que os pacientes em estados legalizados experimentam 4,8% menos dor.

Menos dor significa mais energia, o que significa maior produtividade. Além disso, a pesquisa também mostrou os benefícios da cannabis para o sono. Aqueles que dormem melhor serão mais produtivos. 

Segundo o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças), os custos relacionados a doenças são superiores a 225 bilhões de dólares por ano para as empresas americanas. 

Esse custo equivale a aproximadamente 1.600 dólares por funcionário. Relacionado a isso, um estudo conduzido na Universidade de Wisconsin concluiu que os funcionários em estados legalmente legais tinham 8% menos dias de licença médica do que as pessoas que trabalhavam em outros estados.

Mas a cannabis torna algumas pessoas desmotivadas?

Embora esses estudos mostram que a cannabis medicinal ajuda a melhorar a produtividade geral, é essencial reconhecer que esses estudos estão se concentrando no valor medicinal da cannabis. 

Se a cannabis ajuda a aliviar a dor , então, é claro, ela aumentará a produtividade.

Mas o que dizer de uma pessoa fumando um baseado ou comendo algum alimento com infusão fins recreativos ?

A resposta de um indivíduo à cannabis depende simplesmente de seu próprio corpo e mente. 

Existem pessoas que fumam um baseado e se tornam mais criativas, enquanto outras desejam sentar, relaxar e esquecer tudo relacionado ao trabalho.

Existem muitos fatores diferentes em jogo aqui, como por exemplo:

  • Frequência de consumo
  • Ambiente, 
  • Humor antes de consumir cannabis
  • Tipo de personalidade
  • Saúde
  • Genética

Esse e muitos outros fatores determinam se um baseado o transformará em uma pessoa extremamente dedicada e criativa ou em um viciado em televisão.

Referências

  • rx leaf
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias